Vila italiana causa polêmica ao cobrar 5 euros para visita ao centro histórico

A opção está longe de ser consensual, mas a pequena vila italiana de Polignano a Mare, localizada no topo de um penhasco, começou a cobrar aos turistas o acesso ao centro histórico.

O sistema de bilhetes foi lançado este mês e permanecerá em vigor até o dia 6 de janeiro – o que significa durante toda a temporada natalina. A entrada custa 5 euros, defendida pelo prefeito do município como uma forma de atrair visitantes mesmo nos meses de inverno.

Há quem conteste, por considerar que se trata de taxar um espaço público, cujo acesso deve ser livre para todos. Os torniquetes instalados são uma “comercialização” inaceitável, afirmam alguns locais, entendimento que leva uma associação de defesa do patrimônio a ameaçar levar o caso a tribunal.

O bilhete não inclui apenas o direito de entrada. Dá direito a um pacote de pipocas, uma bebida, um donut e a algodão doce. “O objetivo é atrair turistas mesmo durante os meses de inverno”, disse Domenico Vitto. “Temos um grande número de visitantes durante o verão, mas depois a procura diminui para quase nada em outubro e a cidade está morta”.

A iniciativa, acrescentou ao The Telegraph, permite que “lojas, hotéis e restaurantes permaneçam abertos. Só no último fim de semana tivemos 30 mil visitantes”.

Polignano a Mare, na região sul de Puglia, não é o único lugar defendendo a cobrança de bilhetes. Bem perto, em Alberobello, a opção está sendo também considerada, como forma de dar acesso a áreas menos exploradas na localidade.

Veneza, aliás, deu alguma forma de exemplo, no início deste ano, ao instalar torniquetes para disciplinar o excesso de turistas, ainda que sem cobrar. Civita di Bagnoregio, no norte de Roma, cobra uma taxa de admissão de 5 euros aos visitantes. A entrada já foi mais barata, mas ao subir a tarifa, as autoridades garantem que a procura aumentou.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estão interligadas? Rochas de asteroide interestelar são parecidas com as que caíram na Terra

Pedregulhos descobertos na superfície do asteroide Ryugu, explorado pela sonda japonesa Hayabusa-2, apresentam semelhanças às rochas de meteoritos que caíram na Terra. Imagens captadas na superfície do asteroide Ryugu exibem rochas isentas de poeira que não …

Startup cria case de celular que também é máquina de café

Você é apaixonado por café, mas vive na rua e nunca tem tempo para sentar em algum lugar e tomar um espressinho que seja? Então você precisa conhecer a Mokase, um case desenvolvido pelos designers …

Após episódio da Groenlândia, nacionalistas flamengos oferecem Valônia a Trump por R$4,57

Organização juvenil flamenga posta no Twitter oferta de € 1,00 a Trump pela região da Valônia. Episódio segue piada de Trump na rede e expõe desavenças entre diferentes regiões da Bélgica. A Valônia é uma das …

G7 acorda sobre ajuda à Amazônia "o mais rápido possível"

Macron afirma que apoio a países afetados pelos incêndios é consenso entre líderes das maiores potências econômicas. Em vídeo gravado em reunião entre europeus, Merkel diz que ligará para Bolsonaro para discutir questão. Durante sua 45ª …

Análise de mudança climática de Marte enche pesquisadores de esperança sobre vida passada

Hoje Marte é um deserto seco e gelado quase sem atmosfera que se considera não ter água líquida. Em geral, é um lugar inóspito. Mas podia ter sido diferente no passado? Nós já sabemos que houve …

Microplásticos na água representam 'risco pequeno à saúde', diz estudo

Microplásticos na água potável não parecem representar um risco para a saúde nos níveis comumente encontrados atualmente, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Em seu primeiro relatório sobre a questão, a OMS descobriu …

Ativistas veganos oferecem "churrasco de cão" na Torre Eiffel em ato de conscientização

Um "churrasco de cão" acompanhado de espetinhos de legumes surpreendeu nesta sexta-feira (23) os turistas que visitavam a Torre Eiffel em Paris, uma ação da organização PETA para defender o veganismo. "Cão ou porco: qual é …

Bolsonaro autoriza uso das Forças Armadas contra incêndios amazônicos

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, realizou um pronunciamento, transmitido em rede nacional nesta sexta-feira, para comentar a situação dos incêndios na Amazônia. O presidente pediu "serenidade ao tratar dessa matéria" e disse que divulgação de …

Isso é o que aconteceria se os EUA e a Rússia começassem uma guerra nuclear

As tensões entre EUA e Rússia vêm escalando a um ponto perigoso já faz um tempo. As duas nações possuem armas nucleares, mas o que aconteceria se elas realmente utilizassem estas armas para se bombardearem? Uma …

Alex Navalny, principal opositor do Kremlim, é libertado após um mês na prisão

Alexei Navalny, principal opositor ao Kremlin, foi liberado nesta sexta-feira (23), depois de passar 30 dias na prisão por ter convocado os russos a participar no grande movimento de protesto que abala Moscou, anunciou seu …