É provável que Winston Churchill tenha sofrido abusos sexuais

cstm-mstc / Flickr

O carismático Winston Churchill pode ter sofrido de Síndrome de Napoleão

Winston Churchill, o icônico primeiro-ministro da Grã-Bretanha e maior líder do tempo de guerra, foi “provavelmente abusado sexualmente”, tendo recebido um “tratamento terrível” quando era criança. A revelação foi feita pelo biógrafo e novelista Lord Dobbs durante uma palestra sobre o antigo governante britânico.

O romancista, que pesquisou a vida de Winston Churchill e escreveu vários romances de ficção sobre o tempo do político no governo britânico, sustenta que o ex-governante teria sido “provavelmente abusado”, informa o Telegraph.

Durante uma palestra com o título “Churchill: a Origem da Grandeza”, Dobbs defende que a violência com que Churchill se deparou durante seus anos de escola foi fundamental para a criação do maior líder do tempo da guerra. “Para entender o homem, achei necessário entender a criança“, explicou.

“Churchill não teve uma infância difícil, teve uma infância impossível. Foi negligenciado, abusado física e emocionalmente e, provavelmente, sexualmente também”.

O autor, que falava à margem do Festival de História de Chalke Valley, perto de Salisbury, sul da Inglaterra, descreveu como o primeiro-ministro tinha sido brutalmente espancado pelo diretor da sua escola depois de ter roubado um pouco de açúcar.

Churchill, com apenas oito anos, teria sido “despojado” e “espancando até que o sangue saísse das suas feridas” pelo reverendo e diretor Herbert William Sneyd-Kynnersley. O autor não detalha se o reverendo teria abusado sexualmente de Churchill durante seu tempo na escola de St. George, em Berkshire.

Depois de se recuperar da enorme tareia, o jovem Churchill “encontrou uma oportunidade de se esgueirar para o escritório do diretor e lhe roubou o chapéu de palha, que usava em ocasiões especiais”.

“Churchill pegou esse chapéu – que era um símbolo de autoridade – e levou-o para a floresta. Durante uma gloriosa tarde, o chutou e sujou completamente. Nada mal para um menino de 8 anos que acabara de ser cruelmente abusado”, acrescentou.

“Nesse menino de 8 anos, pude ver algumas das origens do homem de 65“, afirmou.

Churchill frenquentou a escola de St George’s entre 1882 e 1884. De acordo com o site da instituição, o diretor era conhecido por acreditar em “flagelações cruéis, algumas das quais infligidas ao jovem Winston”.

Em 1884, Churchill ingressou na escola de Brunswick, em Hove, onde seu desempenho acadêmico melhorou.

Na biografia de Churchill (My Early Life), o líder relembrou: “A flagelação com a bétula, segundo a moda de Eton, era uma grande característica do currículo”.

Lord Dobbs, conselheiro próximo de Margaret Thatcher, é o autor da famosa trilogia de House of Cards, adaptada para a televisão do Reino Unido nos anos 1990. Recentemente, em 2013, foi readaptada pela Netflix, nos EUA, com Kevin Spacey assumindo o papel de protagonista.

Winston Churchill morreu há mais de 50 anos e, apesar dos aspectos mais controversos de sua vida, seu legado continua presente até os dias de hoje como uma das figuras incontornáveis na oposição contra todas as formas de totalitarismo.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

COVID-19 deve ter pico no Brasil em abril e maio, dizem Mandetta e especialistas

A previsão de disseminação do novo coronavírus (SARS-CoV-2) no país não é nada animadora para os próximos meses. Isso porque ainda estamos em uma fase intermediária da infecção, que deve ter seus momentos de pico em …

Esse novo tratamento alivia a depressão em 90% dos pacientes

De acordo com uma nova pesquisa americana, um tratamento com estimulação magnética transcraniana pode ser muito eficaz para pessoas com depressão severa: em um experimento, foi capaz de aliviar os sintomas em 90% dos pacientes. Normalmente, …

Israel: ministro que definiu Covid-19 como ‘castigo divino a gays’ está com coronavírus

Aos 71 anos, Yaakov Litzman, ministro da Saúde de Israel e também líder do partido ultra-ortodoxo “Judaísmo Unido da Torá”, testou positivo para Covid-19. O diagnóstico foi divulgado nesta terça-feira (7) pela imprensa local e chamou …

Saúde de Boris Johnson preocupa britânicos, mas governo garante que premiê passa bem

O Reino Unido acompanha com preocupação a degradação do estado de saúde do primeiro-ministro Boris Johnson, que anunciou publicamente ter sido contaminado pelo novo coronavírus há dez dias. Depois de ser hospitalizado no domingo (5), …

Cortes na ciência comprometem resposta à covid-19 no Brasil

A fila de 16 mil testes para covid-19 no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, expõe a vulnerabilidade de um país que escolheu não investir em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) nos últimos anos. A …

Organismo marinho de 47 metros de comprimento descoberto na Austrália

Pesquisadores conseguiram captar imagens de vídeo fascinantes de um organismo "de outro mundo" nas águas ao largo da costa ocidental da Austrália. Segundo comunica a Newsweek, uma equipe a bordo do RV Falkor, o principal navio …

Detectadas pela 1º vez estrelas binárias capazes de produzir ondas gravitacionais

Astrônomos do Centro de Astrofísica de Harvard & Smithsonian detectaram pela primeira vez anãs brancas compostas por duas estrelas binárias. As anãs brancas compostas por duas estrelas binárias possuem um núcleo orbital capaz de gerar uma …

Epidemia do coronavírus ainda não chegou ao pico e se agrava na França, diz ministro

O pico da epidemia do novo coronavírus ainda não foi atingido na França, disse nesta terça-feira (7) o ministro da Saúde, Olivier Véran. Devido ao número significativo de pacientes que ainda são hospitalizados diariamente …

Superlua Rosa: satélite atinge proximidade máxima com a Terra

Na próxima terça-feira (7), os entusiastas da astronomia vão poder testemunhar um conhecido e belo fenômeno dos céus que acontece anualmente. A Superlua Rosa é o momento em que o satélite atinge proximidade máxima com a …

Empresas brasileiras lançam manifesto contra demissões

Dezenas de empresas assinam texto pedindo que companhias se comprometam a não demitir nos próximos dois meses, mesmo diante dos impactos econômicos provocados pelas medidas de isolamento para conter o coronavírus. Um grupo de 41 empresas …