15 mil judeus foram mortos por dia nos três meses mais negros da História

jechstra / Flickr

A entrada do antigo campo de concentração de Auschwitz, na Polônia

Agosto, setembro e outubro de 1942 foram os meses mais terríveis da história da humanidade. Neste período, os nazistas mataram um quarto de todos os judeus que haveriam de matar durante todo o Holocausto.

Em um estudo recente, publicado no segundo dia do ano na revista Science Advances, Lewi Stone, um biomatemático da Universidade de Tel Aviv que analisou os registros dos caminhos-de-ferro que transportavam judeus para os campos de concentração, concluiu que Adolf Hitler mandava matar 15 mil judeus por dia, e não 6 mil como indicavam estudos anteriores.

Em apenas três meses do ano de 1942, foram assassinados 1,5 milhão de judeus, de um total de mais de 6 milhões de mortos durante o Holocausto.

Agosto, setembro e outubro de 1942 foram os três meses mais terríveis e sangrentos da história. Essa concentração de execuções em um determinado período do Holocausto, no auge da operação batizada de “Reinhard”, é a principal descoberta do estudo conduzido por Lewi Stone.

De acordo com o pesquisador, a Operação Reinhard foi a mais mortífera de toda a Segunda Guerra Mundial e se concentrou principalmente em três campos específicos do oeste ocupado da Polônia – Belzec, Sobibor e Treblinka.

Tanto no cinema quanto na literatura, o maior palco de todos os horrores é Auschwitz. No entanto, o pesquisador argumenta que esses três locais têm que ser investigados de forma minuciosa porque, segundo ele, eram ainda mais violentos.

Segundo a análise de Stone, depois dos três meses mais sangrentos, a taxa de mortalidade cai, mas não pelos melhores motivos: a Alemanha não começou a sofrer reveses na guerra, só não havia mais judeus para matar na Polônia.

Stone afirma que a campanha de extermínio nazista na Polõnia seria ainda maior se houvesse mais judeus na região, e, como vemos, não à toa. “Além de ter sido a maior campanha de assassinatos em massa durante o Holocausto, a Operação Reinhard aconteceu também a um ritmo incrivelmente rápido“, sustenta Stone, citado pela BBC.

Quando juntou os dados, o pesquisador ficou “completamente chocado” com o pico desses três meses. “Quase 500 mil pessoas por mês foram mortas. Os nazistas tentaram mesmo tudo o que podiam para assassinar pessoas com o menor esforço possível.”

Na verdade, os números no estudo de Stone mostram que quase um quarto das vítimas do Holocausto foram assassinadas nesse período. Além disso, registros de comunicações de guerra, tornadas públicas pelo governo alemão, mostram que, nesse ano, Hitler ordenou que “toda a operação fosse acelerada”.

Reinhard, o “homem com coração de ferro”

A Operação Reinhard ganhou o nome do oficial nazista Reinhard Tristan Eugen Heydrich (1904-1942). Nas palavras de Adolf Hitler, Reinhard Heydrich era “o homem com coração de ferro”.

Durante a Segunda Guerra Mundial, na Conferência de Wannsee, Reinhard foi incumbido pelo comandante militar Henrich Luitpold Himmler de coordenar a “solução” para a “questão judaica” – a forma segundo a qual os nazistas se referiam ao fato de todos os judeus residentes em territórios ocupados pela Alemanha deverem ser exterminados.

Embora a Operação Reinhard tenha começado oficialmente em maio de 1942, o fato de as mortes terem se intensificado em agosto reflete os relatos históricos: foi nessa época que Hitler ordenou os esforços da famigerada “solução final” contra os judeus “em velocidade máxima“.

Reinhard Heydrich foi morto após um atentado executado pela então resistência tchecoslovaca. O seu carro foi alvo de uma emboscada e, uma semana depois, em 4 de junho de 1942, não resistiu aos ferimentos.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Twitter entra na briga pela compra do TikTok e pode fundir redes sociais

O banimento do TikTok nos Estados Unidos virou uma verdadeira novela mexicana. O aplicativo chinês, que tem até 45 dias para encontrar uma companhia americana para assumir suas operações no país e não ser bloqueado …

Motoboy é vítima de racismo de homem branco: "Você tem inveja disso aqui [minha cor]"

A manhã de sexta-feira (7) começou com mais um caso de racismo no Brasil. Um vídeo que viralizou no Twitter registra um homem branco fazendo injúrias raciais contra um entregador de delivery. As fortes imagens são …

‘Grande ameaça à saúde pública’: cientistas descobrem mutação resistente a remédio contra a malária

Pesquisadores em Ruanda identificaram uma cepa do parasita causador da malária que é resistente a medicamentos. O estudo, publicado na revista Nature, revelou que os parasitas eram capazes de resistir ao tratamento com a artemisinina, um …

Brasil, um ano no foco da crítica ambiental mundial

Em agosto de 2019, país virou pária ambiental devido a incêndios e aumento do desmatamento. Bolsonaro reagiu com agressividade e insultos. Agora, aumenta a pressão de investidores estrangeiros por uma mudança de rumo. Foi uma catástrofe …

Com medo da Covid-19, Venezuela discrimina venezuelanos que voltam ao país

Várias medidas vêm sendo aplicadas na Venezuela para conter a Covid-19. Um estádio foi transformado em hospital de campanha, blocos de concreto foram colocados nas vias, festas estão proibidas e há um canal de …

Centro Gamalei, desenvolvedor de vacina russa, explica como funciona e se há riscos para o paciente

O diretor do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamalei falou sobre os testes da vacina, que será registrada oficialmente na quarta-feira (12). As partículas do coronavírus na vacina da COVID-19 não podem prejudicar …

Mistura inusitada de amônia e água cria raios superficiais e granizos em Júpiter

Júpiter, o maior gigante gasoso do Sistema Solar, é um lugar coberto por tempestades estranhas. O que os cientistas ainda não sabiam é que no meio dessas tormentas, existem raios de natureza bem diferente dos …

Emocionante avanço da teoria para a realidade: bizarro efeito quântico é observado

No núcleo toda estrela anã branca — o denso resto de uma estrela que queimou todo seu combustível — existe um fenômeno quântico enigmático: enquanto ganha massa ela reduz de tamanho chegando a um ponto …

Estudo prevê 300 mil mortes por covid até fim do ano nos EUA

Pesquisadores da Universidade de Washington pintam cenário sombrio caso restrições não sejam respeitadas. Enquanto primeiros epicentros registram queda, outros estados americanos divulgam taxas de infecções recordes. A epidemia de covid-19 deve matar aproximadamente 300 mil americanos …

Coronavírus: Exportações devem cair mais de 20% na América Latina, diz ONU

As exportações da América Latina e do Caribe podem cair mais de 20% em 2020 devido às consequências da pandemia do coronavírus, que também terá um impacto negativo nas importações, disse uma agência da …