1500 crianças imigrantes estão desaparecidas nos EUA; e ninguém sabe de quem é a culpa

O país está chocado. As autoridades norte-americanas perderam o rastro de quase 1500 crianças imigrantes, que chegaram sozinhas ao país e foram entregues a famílias de acolhimento.

Steven Wagner, secretário assistente interino da administração para Crianças e Famílias do Departamento de Saúde, fez a revelação durante uma sessão de um subcomitê do Senado, há cerca de um mês, mas o país continua chocado com a situação.

Milhares de pessoas atravessam anualmente a fronteira sul dos Estados Unidos, provenientes de países como Guatemala ou Honduras, de onde fogem da pobreza e da violência.

Há muitos menores que se apresentam às autoridades norte-americanas sozinhos. Elas os reencaminham para o Departamento de Segurança Nacional e, depois, para o Departamento de Saúde e Serviços Humanos.

Segundo o Público, a maioria das crianças é entregue a familiares que já vivem no país, mas qualquer cidadão pode ser candidato a acolher os menores imigrantes. No ano passado, revela Wagner, 40 mil menores foram entregues a famílias.

Quando são integradas em uma família de acolhimento, a situação das crianças é acompanhada pelo Gabinete de Realojamento de Refugiados. No entanto, há vários relatos de problemas com a forma como se faz a supervisão das condições de vida dos menores com as novas famílias.

Para evitar casos de tráfico humano, por exemplo, as crianças passaram a ser acompanhadas não por um, mas por dois departamentos em conjunto durante o primeiro ano. Essa foi a solução encontrada, mas as falhas continuam.

O jornal escreve que, em outubro, o Gabinete de Realojamento de Refugiados começou a localizar mais de 7600 menores que tinham sido entregues a famílias, mas pouco mais de 6 mil continuavam com elas. 28 fugiram de casa, cinco foram expulsas dos EUA e 52 foram colocadas em outras famílias.

No entanto, o que está preocupando os Estados Unidos é a localização, ainda a ser apurada, de 1475 crianças imigrantes.

Rob Portman, presidente do subcomitê do Senado, chocado com a revelação, disse que “o Departamento de Saúde tem a responsabilidade de localizar estas crianças para que não sejam traficadas ou abusadas”.

Contudo, não há certeza quanto à responsabilidade da agência. “Há muito tempo, é uma interpretação do Departamento de Saúde de que o Gabinete de Realojamento de Refugiados não é legalmente responsável pelas crianças assim que elas deixam de estar aos cuidados da agência”, disse Wagner.

O responsável garantiu, no entanto, que o departamento irá rever sua interpretação para garantir que os casos não se repitam, assegurando uma vigilância mais eficaz dos menores entregues a famílias de acolhimento.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Jacarta, a capital da Indonésia, pode ficar submersa já em 2050

Os especialistas alertam que, se nada for feito, alguns lugares da capital da Indonésia podem acabar completamente debaixo de água até 2050. “A possibilidade de Jacarta ficar submersa não é brincadeira”, adverte Heri Andreas, cientista do …

Google registra a localização dos utilizadores mesmo sem autorização explícita

O Google está tão determinado em saber a localização dos utilizadores que faz o seu registro mesmo que eles manifestem de forma explícita sua oposição à prática, noticiou nesta terça-feira (14) a agência AP. Uma investigação …

Venezuela passa a ter duas moedas

A Venezuela vai passar a ter duas unidades monetárias contabilísticas, o bolívar soberano e o petro, uma criptomoeda venezuelana, a partir da próxima segunda-feira (20), anunciou o presidente Nicolás Maduro. Na data, a Venezuela vai eliminar …

Rosa Weber toma posse na presidência do TSE

A ministra Rosa Weber toma posse nesta terça-feira (14) do cargo de presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em sessão solene no plenário da Corte. A solenidade será transmitida ao vivo pela TV Justiça e …

Descoberta de novos geoglifos pode reescrever a história da Amazônia

Novos geoglifos descobertos no estado do Acre reforçam a ideia de que havia uma numerosa população milenar e hierarquizada na Amazônia 2.500 anos antes da chegada dos europeus. Dados podem “reescrever” a história da região. “A …

Cientistas medem a velocidade da morte

Pela primeira vez, cientistas foram capazes de observar a velocidade com que a morte se propaga através de uma célula: cerca de 30 micrômetros por minuto. Biólogos de sistemas da Universidade de Standford, na Califórnia, foram …

Meteorito da Sibéria revela mineral nunca encontrado na Terra antes

Quando os caçadores de ouro encontraram uma rocha amarelada na Sibéria em 2016, pensaram que poderia conter um metal precioso. Na verdade, continha algo ainda muito mais raro – um mineral nunca visto na Terra …

Mapa mostra como tudo na Física está conectado (e são apenas 8 minutos)

A Física é um campo enorme e complexo. Mas, felizmente, houve alguém que conseguiu organizar todas as áreas desta ciência em apenas um mapa, que mostra como tudo – desde os buracos negros até o …

Autistas são bons em matemática; e agora sabemos por quê

O transtorno do espectro autista causa muitos desafios, mas essas diferenças cerebrais também podem tornar algumas tarefas um pouco mais fáceis. Um estudo recente, realizado por um psicólogo italiano, fornece provas que relacionam o pensamento sistemático …

China tenta impedir divórcios com “período de reflexão”

Tribunais em toda a China começam a impor aos casais que querem se divorciar um período de espera, de entre duas semanas e três meses, visando impeir o aumento no número de separações. Segundo o jornal …