1500 crianças imigrantes estão desaparecidas nos EUA; e ninguém sabe de quem é a culpa

O país está chocado. As autoridades norte-americanas perderam o rastro de quase 1500 crianças imigrantes, que chegaram sozinhas ao país e foram entregues a famílias de acolhimento.

Steven Wagner, secretário assistente interino da administração para Crianças e Famílias do Departamento de Saúde, fez a revelação durante uma sessão de um subcomitê do Senado, há cerca de um mês, mas o país continua chocado com a situação.

Milhares de pessoas atravessam anualmente a fronteira sul dos Estados Unidos, provenientes de países como Guatemala ou Honduras, de onde fogem da pobreza e da violência.

Há muitos menores que se apresentam às autoridades norte-americanas sozinhos. Elas os reencaminham para o Departamento de Segurança Nacional e, depois, para o Departamento de Saúde e Serviços Humanos.

Segundo o Público, a maioria das crianças é entregue a familiares que já vivem no país, mas qualquer cidadão pode ser candidato a acolher os menores imigrantes. No ano passado, revela Wagner, 40 mil menores foram entregues a famílias.

Quando são integradas em uma família de acolhimento, a situação das crianças é acompanhada pelo Gabinete de Realojamento de Refugiados. No entanto, há vários relatos de problemas com a forma como se faz a supervisão das condições de vida dos menores com as novas famílias.

Para evitar casos de tráfico humano, por exemplo, as crianças passaram a ser acompanhadas não por um, mas por dois departamentos em conjunto durante o primeiro ano. Essa foi a solução encontrada, mas as falhas continuam.

O jornal escreve que, em outubro, o Gabinete de Realojamento de Refugiados começou a localizar mais de 7600 menores que tinham sido entregues a famílias, mas pouco mais de 6 mil continuavam com elas. 28 fugiram de casa, cinco foram expulsas dos EUA e 52 foram colocadas em outras famílias.

No entanto, o que está preocupando os Estados Unidos é a localização, ainda a ser apurada, de 1475 crianças imigrantes.

Rob Portman, presidente do subcomitê do Senado, chocado com a revelação, disse que “o Departamento de Saúde tem a responsabilidade de localizar estas crianças para que não sejam traficadas ou abusadas”.

Contudo, não há certeza quanto à responsabilidade da agência. “Há muito tempo, é uma interpretação do Departamento de Saúde de que o Gabinete de Realojamento de Refugiados não é legalmente responsável pelas crianças assim que elas deixam de estar aos cuidados da agência”, disse Wagner.

O responsável garantiu, no entanto, que o departamento irá rever sua interpretação para garantir que os casos não se repitam, assegurando uma vigilância mais eficaz dos menores entregues a famílias de acolhimento.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA:

Embaixada levará 50 estudantes brasileiros para intercâmbio nos EUA

A partir desta terça-feira (19), estudantes do ensino médio da rede pública podem se inscrever para a 17ª edição do programa Jovens Embaixadores, promovido pela Embaixada dos Estados Unidos. Em parceria com o Conselho Nacional de …

Bactérias terríveis se escondem nos panos de prato

Por muito limpos que possam parecer nossos panos de prato, a verdade é que eles escondem bactérias terríveis. Depois de um mês de utilização, cerca de metade dos panos recolhidos tinha bactérias. Um estudo recente, realizado …

DNA considerado “lixo” permite mudança de sexo

Uma equipe de cientistas retirou de ratinhos machos uma parte do DNA que não comanda a fabricação de qualquer proteína. Com isso, os animais desenvolveram ovários em vez de testículos. No estudo, publicado semana passada na …

Amor louco por Asia Argento pode ter provocado o suicídio de Anthony Bourdain

Oito dias passados desde a morte de Antonhy Bourdain, foram trazidas a público revelações de amigos do famoso chef e apresentador que levam a crer que a decisão de pôr fim à vida pode ter …

Centenas de crianças são separadas dos pais imigrantes em celas no Texas; Melania detesta

Centenas de crianças estão sendo separadas dos pais imigrantes em celas nas instalações da guarda de controle de fronteira no sul do Texas, nos Estados Unidos. Melania Trump “detesta” ver crianças separadas de suas famílias. …

Japoneses não estão fazendo sexo e ninguém sabe por quê

No final de fevereiro de 2016, a Agência de Recenseamento do Japão anunciou que a população do país sofreu um declínio líquido, com mais mortes que nascimentos, pela primeira vez desde que o país começou a …

Mais de 60% dos jovens querem sair do Brasil

Sondagem do Datafolha indica que 62% dos brasileiros entre 16 e 24 anos desejam viver no exterior. Cifra equivale à população de Minas. Metade dos entrevistados entre 25 e 34 anos afirma querer morar fora. Uma …

Energia ilimitada pode ser alcançada com novo método de extrair urânio do mar

O Laboratório Nacional do Noroeste do Pacífico, PNNL, um laboratório pertencente ao governo dos EUA, em associação com a LCW Supercritical Technologies fez um importante avanço para a indústria nuclear: descobriu um método econômico para …

Brasil joga mal e empata em estreia na Copa da Rússia

A Seleção Brasileira jogou mal e apenas empatou com a Suíça por 1 a 1, pela primeira rodada do grupo E da Copa do Mundo. O Brasil fez um bom primeiro tempo, quando abriu o placar …

Mulher desaparecida é encontrada na barriga de píton de 8 metros

Uma residente do distrito de Muna, na província de Celebes do Sudeste, Indonésia, desaparecida na quinta-feira passada (14), apareceu no dia seguinte na barriga de uma píton, informa o jornal The Jakarta Post. De acordo com …