Jinwar: a aldeia na Síria em que só as mulheres podem entrar

A “aldeia das mulheres livres”, situada no norte da Síria, quer ajudar as sírias a recomeçar uma nova vida, longe da guerra e em uma comunidade ecológica e autossuficiente.

No norte da Síria, a cerca de 60 quilômetros de distância de Aleppo, surgiu Jinwar, a chamada “aldeia das mulheres livres”. Na vila, só vivem pessoas do sexo feminino, que sozinhas arregaçaram as mangas para fugir da guerra e dos homens.

Pelo menos, é isso que conta à TSF Nujin Derya, estudante alemã de 27 anos que chegou à “terra livre” há cerca de um ano e meio, quando a aldeia estava ainda no início da construção.

“A ideia é criar um lugar onde mulheres de diferentes origens podem viver juntas, em comunidade, de uma forma autossuficiente e ecológica, que cria a possibilidade de tomarem suas vidas nas próprias mãos”, conta a voluntária à rádio.

De acordo com a TSF, a ideia partiu do Movimento das Mulheres Curdas e, rapidamente, recebeu o apoio de várias outras organizações dos direitos das mulheres.

“Quem escolhe vir para a aldeia são, em parte, mulheres que perderam seus maridos na guerra e que têm vários filhos. Outras são mulheres que não querem casar, que têm situações difíceis dentro da família, ou que se divorciaram”, explica a alemã.

Por enquanto, a aldeia ainda está sendo construída (com a ajuda não só de mulheres, mas também de homens). Quando ficar pronta – com 30 casas para cerca de 60 mulheres e crianças –, o objetivo é que membros do sexo oposto não possam ficar.

“É claro que podem visitar e apoiar a aldeia. Mas não podem ser parte da organização básica da vida aqui”, esclarece a voluntária.

Além das doações, o projeto está sendo concretizado, sobretudo, “com aquilo que a terra dá”. Por exemplo, as casas são feitas de terra e palha e toda a alimentação é feita com os produtos cultivados no local.

“Há uma grande horta e espaços para plantar trigo e cevada. Também já plantamos vegetais e árvores de frutas. Tudo é cultivado aqui”, explica Nujin, acrescentando que também está sendo construída uma padaria.

Sobre a administração da aldeia, o objetivo é que seja um trabalho conjunto, com a existência de assembleias periódicas que reúnam todas as habitantes.

“As mulheres podem se autopropor ou serem propostas por outras mulheres para fazer parte da assembleia, respeitando os princípios básicos da democracia“, avança à rádio.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Senadora se declara presidente da Bolívia

A parlamentar oposicionista e segunda vice-presidente do Senado Jeanine Áñez declarou-se presidente da Bolívia nesta terça-feira (12). Ela também afirmou que o país terá novas eleições após a formação de uma nova comissão eleitoral. "De acordo …

Bolsonaro anuncia saída do PSL

Em meio à crise por disputa de poder na legenda, presidente afirma que pretende criar novo partido. Cerca de 30 parlamentares aliados de Bolsonaro devem seguir exemplo e deixar o PSL. O presidente Jair Bolsonaro anunciou …

Israel mata comandante da Jihad Islâmica em ataque aéreo

Forças israelense bombardeiam casa de líder extremista na Faixa de Gaza. Militantes palestinos reagem disparando dezenas de mísseis contra Israel. Autoridades pedem que população fique em casa. Um importante comandante militar do grupo extremista palestino Jihad …

Cão aprende a falar usando máquina de escrever e já sabe 29 palavras

Stella tem 18 meses e, apesar de ser um cachorro, já sabe “falar” mais do que muitos humanos da sua idade. Através de uma máquina criada por sua tutora, o animal consegue se comunicar usando …

Saída de Lula da prisão pode ser “oportunidade” para Bolsonaro, diz especialista ao Le Monde

O jornal Le Monde deste domingo e segunda-feira, feriado em que a França comemora o Armistício da Primeira Guerra Mundial, traz uma reportagem de página inteira sobre a liberação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da …

Evo Morales deixa a Bolívia rumo ao México

O agora ex-presidente Evo Morales deixou a Bolívia na noite desta segunda-feira (11) e pegou um avião em direção ao México. Em comunicado via Twitter, Evo Morales disse que estava agradecido ao México por ter lhe …

Turquia repatria jihadistas estrangeiros do "Estado Islâmico"

A Turquia começou a repatriar nesta segunda-feira (11/11) jihadistas estrangeiros do grupo terrorista "Estado Islâmico" (EI) que foram capturados no norte da Síria. Um alemão, um dinamarquês e um americano foram os primeiros deportados por …

Fumar aumenta o risco de depressão e esquizofrenia?

De acordo com um novo estudo da Universidade de Bristol (Reino Unido), fumar pode aumentar o seu risco de desenvolver depressão ou esquizofrenia. Os pesquisadores queriam estudar a relação conhecida entre tabagismo e doenças mentais. Muitas …

Prisões não vão abrir as portas após decisão do STF, dizem especialistas

Segundo especialistas ouvidos pela Sputnik Brasil, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o momento da execução da pena não vai fazer com que as "portas dos presídios sejam abertas para criminosos perigosos". Na quinta-feira …

EUA acusam China de exportar drones autônomos letais para o Oriente Médio

O exército hi-tech de autômatos letais, antes uma visão do futuro, já é uma realidade e está em pleno curso, inclusive com comércio dessa nova tecnologia em andamento. Isso é o que diz o secretário de …