Amazon ameaça demitir funcionários que criticarem suas políticas ambientais

(dr) European CEO

Jeff Bezos, CEO da Amazon

Em um comunicado divulgado no Twitter nesta quinta-feira (2), pessoas de um grupo chamado Amazon Employees For Climate Justice, que reúne funcionários da Amazon que são contra as políticas ambientais da empresa, revelaram que a gigante do varejo estaria ameaçando trabalhadores que são contra as atitudes da companhia nessa seara.

Segundo este comunicado, dois funcionários foram informados por representantes legais e do departamento de recursos humanos da Amazon de que suas funções seriam encerradas se continuassem a falar sobre os negócios da Amazon. Maren Costa, designer de experiência do usuário, foi um dos funcionários que a empresa ameaçou demitir.

De acordo com o The Washington Post, primeiro veículo a postar sobre o assunto, a Amazon também ameaçou descontinuar Jamie Kowalski, um engenheiro de desenvolvimento de software. Kowalski e Costa disseram que receberam cartas de um dos advogados da Amazon depois de se manifestarem publicamente em outubro.

Ainda de acordo com este documento postado no Twitter, o grupo de funcionários afirmou que a Amazon mudou sua política em setembro e agora “exige que os funcionários busquem aprovação prévia para falar sobre a Amazon em qualquer fórum público enquanto identificado como funcionário”.

O que diz a Amazon?

No entanto, Jaci Anderson, porta-voz da Amazon, disse que a política de comunicação da empresa não é nova. Em setembro, a companhia até tentou facilitar essa comunicação com os funcionários adicionando um formulário em um site interno onde eles poderiam obter aprovação para eventuais manifestações ou reclamações – antes disso, eles precisavam obter aprovação direta de um vice-presidente sênior.

Ela acrescentou, ainda, que os funcionários são “incentivados a trabalhar em suas equipes” e podem sugerir “melhorias na forma como operamos por meio desses canais internos”.

Os funcionários da Amazon têm pressionado cada vez mais a empresa para que ela mude sua maneira de lidar com os impactos ambientais.

Na reunião anual de acionistas, em maio, milhares de empregados enviaram uma proposta ao CEO Jeff Bezos, para que ele desenvolvesse um plano abrangente de mudança nas políticas climáticas e reduzisse sua emissão de carbono.

Bezos não deu ouvidos em um primeiro momento, mas, depois, acabou anunciando em setembro de 2019 que a Amazon pretende fazer uso de energia renovável por completo até 2030 e ter emissões zero de carbono até 2040.

Os planos foram amplamente vistos como uma resposta às demandas dos funcionários, mesmo que ele não tenha seguido os pedidos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Quem é 'el Chapo asiático' que foi preso acusado de controlar mercado de drogas de R$ 380 bilhões

A polícia holandesa prendeu o suposto chefe de uma das maiores quadrilhas de tráfico de drogas do mundo: Tse Chi Lop, apelidado de "El Chapo" da Ásia. O cidadão canadense nascido na China é apontado como …

Homem recebe primeiro transplante duplo de braço e ombro

A ciência cada vez mais evoluída. Um homem da Islândia foi o primeiro do mundo a receber um transplante duplo de braço e ombro. A cirurgia foi um sucesso e o paciente, o islandês Felix Gretarsson, …

Bolsonaro pode enfrentar um tribunal internacional por crimes contra a humanidade

Jair Bolsonaro pode enfrentar acusações no Tribunal Penal Internacional (TPI) depois de ser acusado de crimes contra a humanidade. Líderes indígenas no Brasil e grupos de direitos humanos estão pedindo ao tribunal que investigue o presidente …

Presidente mexicano López Obrador é diagnosticado com Covid-19

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, 67 anos, entrou para a lista dos líderes mundiais que foram infectados pela Covid-19. Ele informou nesse domingo (24) que testou positivo para o novo coronavírus, …

Desenterram em Jerusalém granada de mão britânica da 1ª Guerra Mundial

Em pleno centro da cidade de Jerusalém, foi desenterrada uma granada de mão britânica da Primeira Guerra Mundial. O artefato perigoso foi descoberto em uma antiga cisterna por Oscar Becherno, responsável pela escavação arqueológica em nome …

Portugueses reelegem presidente Rebelo de Sousa

Urnas em Portugal confirmam previsão de vitória do chefe de Estado de centro-direita, que ganha novo mandato de cinco anos. Combate à pandemia é prioridade. Como esperado, os portugueses reelegeram neste domingo (24/01) o presidente Marcelo Rebelo …

Cuba experimenta dois lados da moeda com chegada de internet móvel

Desde que chegou a Cuba, há apenas dois anos, a internet móvel revolucionou a vida do país – ajudando as pessoas a encontrarem comida, combustível e até remédios em meio a uma escassez terrível. Mas …

Chantilly: em dificuldades finaceiras, um dos mais belos castelos da França pede socorro

A pandemia e o fim da ajuda de um poderoso mecenas colocam em risco o futuro de uma das propriedades mais majestosas da França, o castelo de Chantilly, ao norte de Paris. A reportagem …

Como fumantes de longa data pararam de fumar usando cogumelos mágicos apenas 3 vezes

É mais difícil largar do cigarro do que da heroína, dizem alguns. Mas pesquisadores da Johns Hopkins relataram que um pequeno número de fumantes de longa data que falharam em muitas tentativas de abandonar o …

Gangorra que uniu imigrantes no muro da fronteira dos EUA ganha prêmio

Lembra das gangorras que permitiram que famílias mexicanas brincasse de lados opostos do muro da fronteira EUA-México? O projeto das três gangorras ganhou o prêmio “Design do Ano 2020” pelo Museu de Londres. O arquiteto norte-americano …