Atirador de escola no Texas tem 17 anos; dez morreram e vários ficaram feridos

Matt Patterson / Lusa

As autoridades locais identificaram o autor do tiroteio, que provocou nesta sexta-feira (18) pelo menos 10 mortos e dezenas de feridos em uma escola no Estado do Texas, como sendo Dimitrios Pagourtzis, estudante de 17 anos, informou a CBS.

Pagourtzis é o suposto assassino de nove estudantes e um professor, que são até agora as vítimas do tiroteio ocorrido em uma escola secundária em Santa Fé, cidade localizada 55 quilômetros a sudeste de Houston.

Imagens divulgadas nas contas de Pagourtzis em várias redes sociais, publicadas por vários meios, mostram o jovem com armas, símbolos nazistas e uma camiseta com o lema “Born to Kill” (“Nascido para Matar”, em inglês).

O crime acontece cerca de três meses depois de um outro em um colégio em Parkland, na Flórida, onde um jovem de 19 anos abateu a tiros 17 alunos e funcionários.

Os acontecimentos em Parkland geraram então uma onda de protestos a nível nacional, liderada pelos próprios estudantes da escola, contra a legislação relacionada com o porte de armas nos Estados Unidos e os interesses associados ao setor.

Em abril, em Dallas, Donald Trump e Mike Pence discursaram na convenção anual da Associação Nacional de Armas.

O governador do Texas, Greg Abbott, confirmou que 10 pessoas morreram e outras 10 ficaram feridas na sequência do tiroteio em Santa Fé.

Esse tiroteio foi “um dos ataques mais hediondos já assistido na história das escolas do Texas”, disse Greg Abbott.

O governador acrescentou ainda que foram encontrados explosivos, incluindo um coquetel Molotov na residência do suspeito do atentado, assim como um veículo suspeito que se encontrava estacionado nas proximidades da escola.

Abbott disse que o suspeito teria confessado às autoridades que tinha a intenção de se suicidar, mas acabou se entregando às autoridades por não ter tido coragem para pôr fim à própria vida.

O governador acrescentou que estão sendo interrogadas “uma ou duas pessoas” a propósito do atentado.

Um rapaz de 16 anos, que diz considerar Dimitrios Pagourtz um amigo, diz que o suspeito do tiroteio no Texas está interessado em armas de fogo e videogames de simulação de guerra, mas que nunca falou em matar pessoas.

Donald Trump reage

O presidente norte-americano, Donald Trump, classificou o tiroteio ocorrido na escola como um “ataque horrível”, manifestando uma profunda tristeza perante o crime.

“Isso dura há muito tempo no nosso país“, afirmou o chefe de Estado norte-americano, assegurando que a atual administração está determinada em fazer tudo o que estiver ao alcance para proteger os estudantes, segundo uma declaração citada pelas agências internacionais.

Trump disse ainda que a administração também está empenhada em garantir que “aqueles que representam uma ameaça, seja para eles próprios ou para outros”, não possam ter armas. “Um dia muito triste, muito muito triste”, acrescentou.

Segundo a agência norte-americana Associated Press (AP), o vice-presidente norte-americano, Mike Pence, disse que Donald Trump e ele tinham sido informados do tiroteio.

Pence enviou uma mensagem dirigida aos estudantes, respectivas famílias, professores e a todos os afetados pelo crime: “Estamos com vocês. Estão nas nossas orações e sei que estão nas orações do povo americano”.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Opositor belarusso é achado morto na Ucrânia

Ativista Vitaly Shishov ajudava compatriotas a fugir da perseguição do regime de Alexander Lukashenko, considerado o último ditador da Europa. Polícia investiga possível assassinato encenado como suicídio. Um ativista de Belarus foi encontrado morto nesta terça-feira …

Polônia concede visto humanitário a atleta olímpica e alimenta tensões com Belarus

A Polônia concedeu nesta segunda-feira (2) um visto humanitário para a atleta olímpica bielorrussa Krystsina Tsimanuskaya. A jovem afirma que estava sendo obrigada a deixar o Japão após ter criticado sua equipe e temia …

EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro

Irã rejeitou o envolvimento do país no ataque contra o petroleiro Mercer Street no mar Arábico que ocorreu na quinta-feira (29), condenando as acusações lançadas pelo governo israelense. Tel Aviv teria recebido "luz verde" de Washington …

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …