Bolsonaro rebate críticas e ataca pai de Michelle Bachelet, morto pela ditadura chilena

Tânia Rêgo / Agência Brasil

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro

Respondendo a críticas de Michelle Bachelet, Comissária dos Direitos Humanos da ONU, sobre a redução do espaço democrático no Brasil, Jair Bolsonaro a comparou ao presidente francês, Emmanuel Macron, e atacou o pai da ex-presidente chilena, morto pela ditadura de Augusto Pinochet.

Em entrevista coletiva em Genebra nesta quarta-feira (4), Bachelet mostrou preocupação com a “redução do espaço democrático” no Brasil, especialmente por causa de ataques contra defensores da natureza e dos direitos humanos.

A declaração de Bachelet acontece após Jair Bolsonaro ter mais uma vez defendido, na terça-feira (3), a exploração econômica da maior floresta tropical do planeta.

Ela citou ainda um “aumento” do número de pessoas assassinadas por policiais, lembrando que essa violência atinge de maneira desproporcional os negros e moradores de favelas. Bachelet lamentou “o discurso público que legitima as execuções sumárias” e a persistência da impunidade. Ela denunciou ainda a busca do governo brasileiro pela liberalização da posse de armas. A ex-presidente chilena citou que pelo menos oito militantes de direitos humanos foram assassinados no país entre janeiro e junho, a maioria após litígios envolvendo propriedades.

Ela falou ainda sobre a “exploração ilegal de recursos naturais, principalmente agrícolas, florestais e minerais”. Para Bachelet, a violência contra a proteção do meio ambiente é presente em todo o país e atinge “principalmente as comunidades indígenas”.

Ingerência

Em um post no Facebook, Bolsonaro escreveu que a chilena está seguindo a linha do presidente francês, Emmanuel Macron.

“Ao se intrometer nos assuntos internos e na soberania brasileira, investe contra o Brasil na agenda de direitos humanos (de bandidos), atacando nossos valorosos policiais civis e militares”. Para ilustrar a mensagem, ele usou uma foto de Michelle Bachelet ao lado de Dilma Rousseff e Cristina Kirchner.

Bolsonaro acrescentou que Bachelet “se esquece que seu país só não é uma Cuba graças aos que tiveram a coragem de dar um basta à esquerda em 1973, entre esses comunistas o seu pai brigadeiro à época”, referindo-se ao golpe que levou Augusto Pinochet e à ditadura que matou o pai da ex-presidente.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

“Não existe gene gay”, afirma estudo genético feito com meio milhão de DNAs

Como ser baixo ou alto, mais ou menos inteligente, o fato de amar homens ou mulheres não é definido por um único gene, mas por várias regiões do genoma e, como qualquer aspecto humano complexo, …

Este projeto social está buscando 7 pessoas para viajar o mundo com tudo pago

A empresa portuguesa YourBestLife está recrutando sete pessoas para viajar o mundo realizando trabalhos de impacto social com tudo pago. As inscrições vão até o dia 31 de outubro e podem se candidatar pessoas que …

Pela primeira vez na história cientistas conseguem reverter envelhecimento

Nenhuma pessoa está livre do tempo: seja um jovem, uma criança, um recém-nascido ou um adulto em idade madura, todo mundo irá envelhecer e sentir os efeitos desse processo. Essa é uma verdade incontestável em qualquer …

Greta Thunberg protesta em frente à Casa Branca ao lado de estudantes pelo clima

A militante do meio ambiente, Greta Thunberg, participou nesta sexta-feira (13) de uma pequena manifestação sobre o clima em frente à Casa Branca. “Nunca desistam”, disse a ativista aos jovens que foram até o local …

Snowden alerta para propagação de mentiras na internet

Há seis anos, ex-analista da NSA causou terremoto político ao revelar atividades ilícitas do serviço secreto dos EUA. Em entrevistas a jornais alemães, Snowden conta que ainda almeja asilo político na Alemanha. Seis anos após divulgar …

Visita de objeto interestelar intriga comunidade científica

  O objeto interestelar foi detectado por um astrônomo amador, e desde então o visitante passou a intrigar a comunidade científica. Gennady Borisov, astrônomo amador, utilizou um telescópio que ele mesmo construiu para avistar o objeto. Sua …

Homem morto há 22 anos é encontrado com ajuda do Google Earth

Os restos mortais de um homem desaparecido há duas décadas, nos EUA, foram encontrados dentro de um carro submerso em um lago graças ao Google Earth. William Moldt foi dado como desaparecido em Lantana, na Flórida, …

O plano japonês de jogar ao mar água radioativa de Fukushima

Nesta semana, o ministro do Meio Ambiente do Japão, Yoshiaki Harada, declarou que despejar no Oceano Pacífico mais de 1 milhão de toneladas de água contaminada pelo desastre nuclear de Fukushima seria a "única opção" …

Incêndio no Hospital Badim deixou 11 mortos no Rio de Janeiro

Um incêndio atingiu o Hospital Badim, no Maracanã, zona norte do Rio de Janeiro, na noite de quinta-feira, deixando pelo menos onze mortos, conforme noticiado pela imprensa brasileira. Os pacientes foram retirados às pressas da unidade …

Origem dos cometas é revelada em novo estudo

Pesquisadores da Universidade de Leiden (Holanda) aplicaram modelos químicos em 14 cometas e encontraram um padrão em sua composição. Os cometas são bolas de gelo, poeira e pequenas partículas parecidas com pedras. Seus núcleos podem alcançar …