Cabral admite ter recebido R$ 5 milhões de caixa 2 do Rei Arthur (mas “nunca aceitou propina”)

Fabio Rodrigues Pozzebom / ABr

Ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral sustentou, em depoimento à Justiça Federal, que todo o dinheiro que recebeu era recurso de caixa 2 e que nunca aceitou propina.

Ele foi interrogado nesta segunda-feira (13) pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, no processo da Operação Unfair Play, um desdobramento da Lava Jato.

Eu errei, ao obter recursos de maneira incorreta, ilegal, em nome das campanhas eleitorais que eu liderei, e que eu usei esses recursos. O que eu não fiz é pedir propina, agir como corrupto. Eu jamais solicitei a algum empresário, condicionando a algum benefício no meu governo”, disse Cabral.

Bretas inquiriu o ex-governador sobre sua relação com o empresário Arthur Soares, conhecido como Rei Arthur, atualmente foragido, que detinha inúmeros contratos milionários com o estado, na área de prestação de serviços, como segurança, fornecimento de comida e limpeza.

Cabral negou que uma conta, no banco EVG, conhecida pelo nome Matlock, fosse sua.

“Não era. Não há nenhuma referência no processo de quaisquer gastos meus ou da minha família com origem nesta conta. Os irmãos [doleiros Renato e Marcelo] Chebar foram responsáveis pelo manuseio de dinheiro eleitoral. Eu não conhecia esta conta Matlock, não sabia deste banco e nem sabia onde ficava. O MPF não conseguiu encontrar um gasto meu ou da minha família dessa conta do EVG”, declarou Cabral.

O ex-governador disse que grande parte dos recursos recebidos das empresas foi utilizado em campanhas políticas de outros candidatos e até outros partidos. De Rei Arthur, teria recebido R$ 5 milhões. Perguntado por Bretas quem seriam esses candidatos e partidos, contudo, Cabral relatou seu sofrimento e preferiu não falar.

Sem nenhum desejo de me vitimizar, as dores são muito grandes. As dores da cadeia, as dores de estar longe dos meus filhos, da minha mulher, o fato de estar proscrito como homem público. São penas muito duras. O fato de, na prática, recomeçar até materialmente a minha vida, com a minha família. Eu sei que isso me prejudica, mas me permito assumir as minhas responsabilidades”, disse Cabral.

Saúde

Outro réu interrogado foi Sérgio Côrtes, ex-secretário de Saúde de Cabral. Ele contou que as licitações na área de saúde eram combinadas e que Rei Arthur conhecia antecipadamente os processos e sugeria a inclusão de cláusulas que acabariam favorecendo sua empresa na concorrência.

Ele negou que uma reforma em sua casa tenha sido paga pelo empresário e disse que a atuação dele na máquina pública antecedia ao governo Cabral.

“Ele falava que tinha acordo direto com o governo anterior. O contato dele era com o ex-governador [Anthony] Garotinho. Que não era o governador [de Rosinha Garotinho, sua esposa, que o sucedeu]”, disse Côrtes.

Os ex-governadores Anthony e Rosinha Garotinho foram procurados para se pronunciarem e responderam em nota: “A ex-governadora Rosinha Garotinho afirma que a palavra de um bandido como Sérgio Côrtes vale tanto quanto uma nota de três reais.”

Depois, foi interrogada Eliane Pereira Cavalcante, ex-sócia de Rei Arthur. Ela chegou a ser presa, em setembro de 2017, quando foi deflagrada a Operação Unfair Play, mas em novembro conseguiu a liberdade, com algumas condições, como a proibição de se comunicar com Arthur.

Bretas perguntou várias vezes se ela não estava se comunicando com o empresário, que tem casa em Miami, nos Estados Unidos, e ela garantiu que não. Ela foi lembrada que se não estivesse falando a verdade, poderia voltar para a prisão.

A Operação Unfair Play investiga se houve compra de votos para garantir ao Brasil os Jogos Olímpicos de 2016. Rei Arthur, segundo as investigações, teria sido um dos que facilitaram o pagamento a eleitores, especialmente a um grupo de africanos, liderados pelo senegalês Lamine Diack, ex-presidente da Associação Internacional de Federações de Atletismo.

//

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Criatura “alienígena” é encontrada em praia na Nova Zelândia

Uma família neozelandesa passeava ao longo de uma praia no norte de Auckland quando encontraram uma bizarra criatura vermelha em forma de bolha. A criatura, que foi identificada como uma espécie específica de medusa, tem um …

Veneza quer proibir turistas de sentarem ou deitarem no chão

Veneza, famosa pelos seus canais, testemunhou um dilúvio de turistas nos últimos anos, que ultrapassa em muito a população residente e sobrecarrega a cidade. As autoridades da cidade italiana têm tomado várias medidas para travar …

Teia de aranha gigantesca cobre praia na Grécia

Um enorme teia de aranha com cerca de 300 metros cobriu uma área à beira-mar na cidade de Aitoliko, na região oeste da Grécia. A época de acasalamento das aranhas transformou a praia no pior …

Depois dos morangos, agulhas chegam às maçãs e bananas na Austrália

As autoridades australianas investigam mais de 100 casos por todo o país. Agora, além dos morangos, as agulhas também já chegaram a frutas como maçãs, bananas e mangas. A Austrália investiga uma série de casos misteriosos …

Proibição de doações empresariais não blinda política de interesses privados, afirma cientista político

Apesar da proibição do financiamento empresarial de campanhas, que vigora no país desde 2015 por força de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), a classe empresarial continua engajada em diferentes candidaturas. Se, por um lado, …

Brasileiros são finalistas em Campeonato Mundial de Cubo Mágico

Criado nos anos 80, o cubo mágico é um dos brinquedos mais simples e fascinantes que existem. Quem nunca passou horas, dias, semanas ou até meses tentando acertar as cores de todas as faces ou …

Filhote de lobo da Idade do Gelo é encontrado preservado em mina de ouro

Enquanto procuravam por ouro nos solos gelados do território de Yukon, no Canadá, um grupo de mineiros descobriu um tesouro ainda mais raro: os corpos extremamente preservados de um filhote de lobo e de um …

Menino se despede do pai, e a foto já vale milhões (e muito mais em solidariedade)

A foto publicada no Twitter foi compartilhada milhares de vezes, gerando uma onda de solidariedade que já angariou mais de 7 milhões de rúpias. A maior parte do dinheiro servirá para ajudar a pagar as …

Programadores detectam falha de software que poderia ter destruído a Bitcoin

Programadores da Bitcoin descobriram uma vulnerabilidade de software que poderia permitir a inserção de um bloqueio na rede. O bloqueio seria capaz de derrubar todo o sistema mundial da moeda virtual. Frequentemente considerado como a grande …

Trump aconselha a Espanha a construir um muro no deserto do Saara

Donald Trump sugeriu ao governo espanhol uma medida para controlar os fluxos migratórios do Mediterrâneo. O presidente dos Estados Unidos quer que a Espanha construa um muro no deserto do Saara, na África. Depois de …