Cientistas revelam novos dados sobre neandertais e denisovanos após analise sanguínea

Cientistas, que analisaram os genes de três neandertais e um denisovano, descobriram que ambas as espécies de pessoas ancestrais provêm da África. Os autores também encontraram uma ligação genética entre os neandertais e os aborígines da Austrália e Papua-Nova Guiné.

Pesquisadores franceses identificaram detalhadamente, pela primeira vez, genes do grupo sanguíneo de três neandertais e um denisovano da caverna de Vindija, na Croácia, e das cavernas de Chagyrskaya e Denisova em Altai, Rússia. A idade das amostras é de de 100 mil a 40 mil anos, segundo o estudo publicado na revista PLOS ONE.

Os resultados, em sua maioria, confirmaram as hipóteses existentes, mas alguns surpreenderam os cientistas. Por exemplo, por muito tempo os cientistas acreditaram que todos os neandertais tinham sangue do tipo O.

No entanto, foi descoberto que os antigos hominídeos já apresentavam toda a variabilidade ABO do sistema de classificação do sangue observada em humanos modernos.

Uma análise dos vários sistemas de grupos sanguíneos revelou alelos que evidenciam a origem africana dos neandertais e denisovanos. Surpreendente foi o fato que os neandertais possuíam um alelo Rh único que os humanos modernos não têm, exceto alguns aborígenes australianos e de Papua-Nova Guiné.

Além disso, o estudo revela nova informação sobre a demografia e as possíveis causas de extinção dos neandertais. Os cientistas descobriram que os antigos hominídeos possuíam muito pouca diversidade genética de grupos sanguíneos e podiam ser receptivos à doença hemolítica do feto e do recém-nascido, quando as mães neandertais tinham filhos de Homo sapiens ou denisovanos.

“Os resultados da análise sistêmica do grupo de neandertais e denisovanos confirmam sua origem africana, bem como a fragilidade de sua fertilidade e suscetibilidade à infecção viral, levando a uma alta mortalidade infantil”, de acordo com os cientistas.

Os pesquisadores salientaram que os resultados correspondem às hipóteses existentes, que associam o desaparecimento dos neandertais com baixa diversidade genética e fraca competitividade reprodutiva em comparação com o Homo Sapiens.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Covid-19: EUA autorizam 3ª dose da vacina da Pfizer para idosos e grupos de risco

Os Estados Unidos autorizaram nesta quarta-feira a aplicação de uma terceira dose da vacina contra a covid-19 da Pfizer para maiores de 65 anos, pessoas com alto risco de contrair uma forma grave da …

Ministério da Saúde recua e volta a recomendar vacinação de adolescentes

O Ministério da Saúde recuou nesta quarta-feira (22/09) e voltou a recomendar a vacinação de adolescentes sem comorbidades contra a covid-19, uma semana após ter recomendado a suspensão. "Concluímos que os benefícios da vacinação de adolescentes …

Queiroga testa positivo para covid-19 e fica em Nova York

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, testou positivo para covid-19 durante a viagem a Nova York, na comitiva do presidente Jair Bolsonaro, e ficará em isolamento na cidade, comunicou nesta quarta-feira (21/09) a Presidência da …

Vulcão em erupção nas Canárias: o cenário 'desolador' enfrentado por moradores afetados pelo Cumbre Vieja

Juan Vicente Rodríguez ainda não chegou às lágrimas, mas ele garante que no final "todos vão acabar chorando". Morador da ilha canária La Palma, Rodríguez observa nas redondezas os rios de lava do vulcão Cumbre Vieja …

Anistia Internacional acusa empresas farmacêuticas de deixar países pobres sem vacinas anticovid

A ONG Anistia Internacional divulgou um relatório nesta quarta-feira acusando os grandes grupos farmacêuticos que produzem vacinas contra a Covid-19 de alimentar uma crise de direitos humanos sem precedentes. Por essa razão, a entidade …

Descobrem na Espanha dezenas de pegadas de espécie extinta de elefantes

Paleontólogos descobriram em Huevla, na Espanha, em um sítio da época do Pleistoceno Superior, trilhas e rastros de elefantes recém-nascidos e juvenis atribuídos a elefantes de presas retas (Palaeoloxodon antiquus). Os elefantes de presas retas são …

Na ONU, Bolsonaro defende ineficaz "tratamento precoce"

O presidente Jair Bolsonaro usou nesta terça-feira (21/09) seu discurso de abertura da 76ª Assembleia-Geral das Nações Unidas para defender o desacreditado "tratamento precoce" promovido pelo seu governo, que consiste num coquetel de drogas ineficazes …

Turismo em reservas naturais federais no Brasil triplica em 13 anos

Cerca de 15 milhões de turistas visitaram reservas ambientais federais no Brasil em 2019, uma alta de 300% nos últimos 13 anos. Se por um lado esse aumento reflete um maior interesse dos brasileiros em …

Presidente do Conselho da UE acusa EUA de "falta de lealdade" após ruptura de contrato com a França

O presidente do Conselho da União Europeia, Charles Michel, acusou nesta segunda-feira (20) os Estados Unidos de falta de lealdade depois que a Austrália cancelou um amplo contrato com a França para comprar submarinos …

Morcegos das cavernas de Laos podem revelar origem da COVID-19

Descobriu-se que os morcegos que habitam as cavernas do norte de Laos transportam um coronavírus que compartilha uma característica importante com o SARS-CoV-2, dando pistas aos cientistas para desvendar a causa da COVID-19. Uma equipe de …