“Diabo marinho”: criatura do abismo nunca vista antes é filmada pela primeira vez

Um verdadeiro “diabo marinho”. Um casal de cientistas alemães conseguiu filmar, pela primeira vez, o ato sexual entre dois peixes com uma aparência assustadora.

O casal alemão Kirsten e Joachim Jakobsen estava ao largo da Ilha de São Jorge, nos Açores (Portugal), em um submarino, quando as estranhas criaturas chamaram a atenção. Filmado a cerca de 800 metros de profundidade, o vídeo, feito em 2016, mostra uma criatura misteriosa flutuando nas águas escuras do Atlântico.

O casal de pesquisadores enviou o vídeo a Ted Pietsch, cientista da Universidade de Washington, nos EUA, especializado em peixes de águas profundas, que confirmou finalmente a espécie dos peixes bizarros: Caulophryne jordani.

O estranho peixe é famoso pela sua “rede de pesca” bioluminescente sobre a cabeça, que serve para atrair presas. O animal vive nas profundezas dos oceanos, normalmente entre 300 metros e 5 quilômetros de profundidade, onde os raios solares nunca penetram, explica Pietsch à ScienceMag.

O brilho fantasmagórico do peixe resulta das reações químicas que ocorrem em seu corpo. Segundo os pesquisadores, a fêmea pode chegar a ser 60 vezes maior e pesar mais meio milhão de vezes do que os machos.

Segundo o Diário de Notícias, Kirsten e Joachim Jakobsen conseguiram filmar os peixes Lophiiformes, conhecidos como peixes xarrocos, no exato momento do acasalamento. No vídeo, pode-se observar a fêmea, com seus filamentos bioluminescentes e barbatanas estendidas, enquanto o macho anão encontra-se em seu ventre.

Os tamboris raramente são vistos em vida. Os cientistas só conheciam seu método de reprodução através dos espécimes recuperados de fêmeas mortas com machos ainda presos a elas. Quase tudo o que sabemos sobre o tamboril do fundo do mar vem de animais mortos puxados por redes.

Os cientistas identificaram até agora mais de 160 exemplares, mas apenas um punhado de vídeos existe – e esse é o primeiro que mostra um par em união sexual. “Podemos imaginar como essa descoberta é rara e importante”, diz Pietsch.

Os biólogos chamam esse tipo de acasalamento de parasitismo sexual, no qual o macho recebe proteção e nutrientes do sistema circulatório da fêmea e, em troca, a fêmea recebe esperma, que será utilizado quando estiver preparada para conceber os filhotes.

Se o macho não encontrar uma fêmea para acasalar, ele morre. E se encontrar, fica ligado à fêmea para sempre, até o fim da vida – algo que os menos românticos poderão dizer que é um destino pior que a morte.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

"Peças extraordinárias" achadas na Indonésia podem ser da lendária "ilha do Ouro"

Tesouros no valor de milhões de dólares encontrados nos últimos cinco anos ao longo do rio Musi podem ser do antigo império malaio Serivijaia, na ilha de Sumatra, que por 300 anos dominou as rotas …

Pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", diz diretor da OMS

A pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", disse neste domingo (24) o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus. O representante da ONU discursou na abertura …

Google está “criando Deus”, alerta ex executivo da Google

Segundo um ex-executivo do Google, a singularidade está chegando. E, segundo ele isso representa uma grande ameaça para a humanidade. Mo Gawdat, ex-diretor de negócios da organização moonshot do Google, que na época se chamava Google …

Pandemia causa a maior redução na expectativa de vida desde a Segunda Guerra

Desde a descoberta do coronavírus SARS-CoV-2, mais de 4,9 milhões de pessoas morreram oficialmente em consequência da infecção, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins. Nesse cenário, a pandemia da covid-19 reduziu a expectativa de vida …

Forças Armadas da Noruega assinam contrato bilionário de mísseis para caças F-35

Noruega tem sido um parceiro ativo no programa de caças dos EUA F-35, tendo em conta que 18 empresas deste país nórdico são parceiros diretos. Subsequentemente, a Noruega decidiu adquirir 52 caças F-35 para substituir …

Brasil fez lobby para mudar relatório climático, diz Greenpeace

Vários países, entre eles o Brasil, tentaram fazer mudanças em um crucial relatório da ONU sobre como combater o aquecimento global, afirmou o Greenpeace nesta quinta-feira (21/10), citando um grande vazamento de documentos. Os documentos aos …

Site da Coreia do Sul é usado para hospedar vírus e distribuí-lo via torrents

Uma campanha de distribuição de malwares na Coreia do Sul está disfarçando cavalos de troia de acesso remoto como um jogo para o público adulto, compartilhado via serviço de hospedagem de arquivos, como o WebHard, …

América Latina pode levar ‘muitos anos’ para superar impacto da pandemia, alerta FMI

Os efeitos negativos da pandemia de Covid-19 em termos de produtividade, emprego e capital humano na América Latina e Caribe podem "demorar muitos anos para serem revertidos". O alerta foi feito nesta quinta-feira (21) pelo …

Dinossauro “garça do inferno com cara de crocodilo” é descoberto

Dois dinossauros carnívoros de dentes pontiagudos com crânios de crocodilo apareceram uma vez nas margens do rio na Ilha de Wight, na Inglaterra, revelam novos fósseis. Os cientistas deram às criaturas nomes científicos que se traduzem …

As 9 acusações contra Bolsonaro no relatório da CPI - e a manobra governista para tentar blindá-lo

Após o relatório da CPI da Covid no Senado acusar o presidente Jair Bolsonaro de nove crimes durante a pandemia, um senador da bancada governista tentou uma manobra para "blindar" o chefe do Executivo e …