Desempenho positivo na Copa do Mundo diminui polarização política e até violência

Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

Basta acompanhar uma Copa do Mundo para rapidamente perceber que a coisa vai muito além de uma simples competição de futebol: para além das tramoias e das negociatas que infelizmente contaminam esse evento, trata-se de um imenso encontro mundial em celebração, de diferentes nacionalidades, identidades, etnias, religiões e regiões.

A partir de tal sentido, uma pesquisa, publicada pelo National Bureau of Economic Research, sugere que o bom desempenho de uma seleção nacional num torneio de tal escala possuiria um sentido político profundo: pode ser capaz de unir nações divididas.

O estudo, realizado por um time internacional de economistas, baseou-se em países da África subsaariana para explorar o efeito da vitória de uma seleção de futebol sobre o sentido étnico e nacional de identidade.

Lembrando do processo de união nacional promovido por Nelson Mandela ao redor do time sul-africano de rúgbi em 1995 (mesmo se tratando de um esporte e equipe ligada à África do Sul branca), o estudo concluiu que, após uma vitória, o senso de identidade nacional e coletivo mais amplo cresce diante da identidade étnica e tradicionalmente mais segregada.

Mais do que isso, membros de certo grupo étnico passam a confiar mais em outros grupos que igualmente formam a nação. Em resumo, os cidadãos de um país se integram e se identificam mais com grupos distintos, que formam tal população, após um bom desempenho em uma competição internacional de futebol.

O estudo se baseou em uma pesquisa realizada a partir de 70 partidas entre 2002 e 2013, e sugere, portanto, que o mesmo efeito pode acontecer sobre polarizações políticas e ideológicas que possam dividir uma nação.

Até mesmo níveis de conflitos e violência se reduziram drasticamente entre as nações que, por exemplo, chegaram às finais da Copa Africana de Nações. Tal diferença persistiu, segundo o estudo, por até seis meses após as partidas, em comparação com países que não foram longe no torneio.

Trata-se, portanto, de um desafio e, ao mesmo tempo, uma oportunidade para países em conflito – além de um exemplo do impacto e da importância do esporte em qualquer lugar do mundo.

Ciberia // Hypeness

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Diego Maradona morre aos 60 anos

O ex-jogador argentino Diego Maradona, maior astro da história do futebol do país sul-americano, morreu nesta quarta-feira (25/11) aos 60 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, ao norte de Buenos …

Incêndios na Amazônia deixam rastro de destruição por décadas

Entre galhos e folhas esturricados sobre o solo que abrigava uma área de floresta intacta, o cheiro de queimada ainda é forte. Próximo a uma das aldeias da Terra Indígena Uru-Eu-Wau-Wau, em Rondônia, vazios surgiram …

EUA: conheça a região com a maior taxa de mortalidade por Covid-19 no mundo

Mais de 12 milhões de pessoas estão contaminadas pela Covid-19 nos Estados Unidos. Mas o vírus não ataca o país de maneira equitativa. Os estados do centro assistem a uma progressão acelerada da epidemia …

Osmar Terra, negacionista da pandemia, está internado com covid-19 em UTI

O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), um dos maiores negacionistas da pandemia e fomentador de fake news sobre o novo coronavírus, está internado com covid-19 em um hospital em Porto Alegre. Segundo comunicado do Hospital São …

Detalhe microscópico revela segredos de retratos egípcios de 1.800 anos

Análise das partículas da tinta revelou novas informações sobre os retratos enterrados ao lado das múmias egípcias há mais de 1.800 anos. A pintura Retrato do Homem Barbudo foi feita entre 170 e 180 d.C. e …

Ação da polícia contra migrantes em Paris gera críticas

Forças de segurança desmontam de forma violenta acampamento improvisado no centro da capital francesa. Ministro do Interior diz que imagens são chocantes. Ação ocorre na véspera de votação de lei que favorece polícia. A ação da …

Pandemia gera escassez de matéria-prima e faz preços subirem no Brasil

Por três vezes ao longo do mês de outubro, Diogo Murrieta, dono da pizzaria La-Nápoles, em Belém do Pará, tentou comprar as embalagens de papelão nas quais suas pizzas são entregues aos clientes e não …

Quando as crianças dominaram o mundo: uma sociedade paralela que parece saída da ficção

Na virada do século XIX para o século XX, os jovens, aqueles que já não mais eram crianças mas ainda não haviam entrado para o mercado de trabalho e se tornado adultos, sequer eram vistos …

Sem reconhecer derrota, Trump autoriza início de transição para administração Biden

Mais de duas semanas após o anúncio da vitória de Joe Biden na eleição presidencial americana, Donald Trump autorizou nessa segunda-feira o início do processo de transição para a administração do democrata, mas não …

Os estados quânticos mais extremos são descobertos por cientistas

Pela primeira vez, físicos descobriram uma maneira de definir matematicamente o grau de quanticidade que qualquer coisa — seja partícula, átomo, molécula ou mesmo um planeta — exibe A partícula de luz é uma bola zunindo …