Caso de menino encontrado morto no porta-malas do carro da namorada do pai choca a Espanha

O desaparecimento de um menino de oito anos teve um final trágico e inesperado na Espanha. O corpo de Gabriel Cruz, que sumiu no último dia 27 de fevereiro, foi encontrado pela polícia neste domingo no porta-malas do carro da namorada de seu pai, Ana Julia Quezada.

A informação foi divulgada pelo ministro do Interior da Espanha, Juan Ignacio Zoido.

No momento de sua prisão, Quezada, que tem 43 anos e é da República Dominicana, gritou: “Não fui eu! Peguei o carro nessa manhã!”, relataram testemunhas que estavam perto do local.

Gabriel desapareceu quando saiu da casa da avó, onde passava férias, para ir à de outros parentes, a poucos metros de distância, em Las Hortichuelas, uma comunidade turística na cidade de Níjar. Desde então, o caso vinha sendo amplamente divulgado e mobilizou policiais, bombeiros e voluntários nas buscas.

A descoberta da morte e as circunstâncias em torno do caso causaram enorme comoção na Espanha. O premiê Mariano Rajoy lamentou o ocorrido por meio de sua conta no Twitter. “Compartilho com todos os espanhóis a dor pela perda de Gabriel. Descanse em paz”, escreveu.

Camiseta da desconfiança

Quezada foi parada pela polícia enquanto dirigia perto de La Puebla de Vícar, a 43 quilômetros de Níjar, cidade no sudeste do país onde Gabriel desapareceu.

A polícia investigava a mulher desde o dia 3 de março. Naquela data, ela informou às autoridades ter encontrado uma camiseta do garoto em um local onde já haviam sido feitas buscas. A roupa estava limpa e seca, apesar de ter chovido nos dias anteriores, o que também gerou desconfiança.

Segundo a imprensa local, os investigadores jogaram uma isca para ver se a suspeita caía – e deu certo.

Eles lhe disseram que a polícia estava perto de encontrar o lugar onde estava o corpo de Gabriel. Ela então tratou de ir até o local remover o cadáver. Policiais à paisana a fotografaram tirando o corpo de uma vala, o envolvendo em uma manta e o colocando no porta-malas do carro.

Segundo o jornal espanhol El País, a autópsia concluiu que o menino foi estrangulado.

Novas suspeitas

Na investigação sobre Quezada, uma história do passado dela veio à tona e levantou a suspeita de que possa ter cometido um infanticídio em 1996, desta vez de sua própria filha.

A menina, que tinha 4 anos, morreu ao cair da varanda do apartamento. Na investigação feita à época, a polícia concluiu que havia sido um acidente. O caso agora foi reaberto.

Quezada e o pai de Gabriel, Ángel David Cruz, namoravam havia um ano e meio.

A prisão dela causou indignação, já que durante as buscas pelo menino ela deu entrevistas dizendo que seu desejo era que ele fosse encontrado são e salvo.

A suspeita chegou a contar que havia ensinado o menino a desconfiar de estranhos. “‘Se alguma vez você vir um desconhecido, corra, não fique parado’, foi o que eu e a avó dele lhe dissemos”, declarou.

Ela chegou a postar no Facebook uma foto de Gabriel com um pedido: “Por favor, por favor, devolvam nosso Gabrielillo“.

Primeiro suspeito

A primeira suspeita dos pais de Gabriel sobre quem poderia ter levado o menino recaíram sobre um homem acusado de assediar Patricia Ramirez, mãe do menino.

O suspeito de assédio era alvo de restrições judiciais para evitar que chegasse perto dela. O dispositivo eletrônico que ele usava para ser monitorado emitiu um alerta bem no dia do sumiço do menino.

O suspeito foi então detido para a investigação, mas logo foi descartada sua participação no desaparecimento do garoto.

Ciberia // BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Altar maia revela disputa pelo poder ao estilo de “Game of Thrones”

Uma equipe internacional de arqueólogos encontrou um altar de calcário esculpido no sítio arqueológico de La Corona, localizado no norte da Guatemala, há 1500 anos. A peça, chamada Altar 5, foi descoberta no ano passado, mas …

Depois do gato, o termômetro de Schrodinger

Parecida com a teoria do gato de Schrodinger, em que o gato dentro da caixa pode estar ao mesmo tempo vivo e morto, um novo princípio de incerteza sustenta que os objetos quânticos podem ter …

Padre acusado de agressão sexual se suicida em sua igreja na França

Jean-Baptiste Sèbe, um padre de 38 anos acusado por uma mulher de "comportamento indecente" e agressão sexual contra sua filha, se suicidou na terça-feira (18) em sua igreja na Normandia, informou nesta quarta-feira (19) a …

Gato ganha na Justiça o direito de passear em shopping do Rio

Rubinho era uma figura presente no centro comercial Cidade Copacabana, no Rio de Janeiro, até ter sido proibido de circular na área comum do estabelecimento. Agora, o tribunal deu provimento a uma medida cautelar, permitindo …

Os insetos estão “comendo” plástico (e isso ameaça a cadeia alimentar)

Os microplásticos já são um problema conhecido dos nossos oceanos, mas seu alcance pode ser maior do que imaginávamos. Segundo uma nova pesquisa, o problema deixou de ser apenas dos oceanos, tendo já chegado aos …

Funcionários do McDonald’s entram em greve nos EUA contra o assédio sexual

Trabalhadores do McDonald’s realizaram, nesta terça-feira (17), em dez cidades norte-americanas, uma greve laboral contra o assédio sexual na empresa, em consonância com o movimento #MeToo. De acordo com os organizadores, o objetivo foi protestar contra …

Facebook é acusado de discriminar mulheres em anúncios de emprego

O Facebook está novamente envolvido em polêmica, desta vez por ter ajudado os empregadores a discriminar candidatos com base no gênero. Segundo uma denúncia apresentada nesta terça-feira (17) na agência federal norte-americana, vários recrutadores utilizam o …

Em parecer ao STF, PGR insiste para que Eduardo Cunha continue preso

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, insistiu, em manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF), que o ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha continue preso preventivamente em Curitiba, onde se encontra desde outubro de …

Cúpula das Coreias: terra de paz, visita inédita a Seul e candidatura conjunta aos Jogos Olímpicos

Os líderes das duas Coreias se comprometeram em fazer da península coreana “uma terra de paz”, com o Norte disposto a avançar com o desmantelamento do seu programa nuclear, se os EUA também tomarem “medidas proporcionais”. O …

Maduro compara “inquisição” contra venezuelanos à perseguição dos judeus

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesta terça-feira (17) que há uma “campanha de inquisição” contra os venezuelanos, comparando a situação à perseguição dos judeus liderada pelo ditador Adolf Hitler.  De acordo com Maduro, países …