Trump diz que os EUA já perderam a guerra comercial com a China

Kevin Lamarque / Reuters

Donald Trump

Donald Trump respondeu às ameaças da China negando a existência de uma guerra comercial entre os dois países. “Essa guerra foi perdida há muitos anos.” 

Nesta quarta-feira (4), o presidente norte-americano Donald Trump disse, no Twitter, que os EUA não está “em guerra comercial com a China porque essa guerra foi perdida há muitos anos pelas pessoas tolas e incompetentes” que representaram o país.

“Agora temos um deficit comercial de 500 bilhões de dólares por ano, com roubo de propriedade intelectual de mais de 300 bilhões de dólares”, escreveu, reiterando que “não podemos deixar isso continuar”.

O tuíte foi publicado depois de a China ter anunciado a introdução de taxas sobre importações de mais de 100 produtos americanos, na segunda-feira (2). A resposta da China veio no seguimento da decisão dos EUA colocarem maiores restrições aduaneiras ao aço e alumínio chinês, apontando ainda restrições ao investimento chinês em território norte-americano.

Além disso, Washington também prepara mais sobretaxas em produtos chineses que podem ter impacto em importações no valor de entre 50 e 60 bilhões de dólares, escreve o Dinheiro Vivo.

Donald Trump atacou consistentemente a China devido ao deficit comercial entre os dois países, que totalizaram 375,2 bilhões de dólares no ano passado, e pediu ao governo chinês que encontrasse uma forma de reduzir a diferença em 100 bilhões de dólares, informou o Business Insider.

Segundo os economistas, a redução do deficit comercial entre os dois países será difícil, e Trump pode mesmo arriscar uma guerra comercial. De acordo com Adam Slater, principal economista da Oxford Economics, a disputa entre os EUA e a China ainda não é uma guerra comercial oficial, mas o perigo está presente.

No começo de março, Trump disse que as guerras comerciais são fáceis de ganhar. No entanto, seu discurso mudou, e agora o presidente defende que quando se perde 500 bilhões de dólares, já não há nada a perder.

A queda de braço entre as duas maiores economias do mundo deixa os economistas e os mercados financeiros apreensivos, com medo de uma escalada dos ataques e contra-ataques que podem colocar em causa a recuperação da economia mundial.

Os receios são sentidos no comportamento das bolsas. Segundo o Dinheiro Vivo, só no último mês, a apreensão com o risco de uma guerra comercial tirou cerca de 4% das bolsas norte-americanas, europeias e chinesa.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Evangélicos fazem coro com Bolsonaro e negam riscos do coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro gosta de copiar o seu ídolo americano, Donald Trump – da suposta inofensividade do coronavírus até os poderes de cura de medicamentos como cloroquina e hidroxicloroquina, passando pela teoria da conspiração …

'Estamos em guerra': França confiscou 1 milhão de máscaras destinadas à Espanha e Itália

Os dois países se envolveram em uma disputa diplomática depois que parte das máscaras com destino a outros países vindas da China foram retidas em cidades francesas. As autoridades francesas apreenderam milhões de máscaras que uma …

Sobrevivente da 2ª Guerra e Gripe Espanhola se cura do coronavírus ao 104 anos

Depois da Segunda Guerra Mundial e da pandemia de gripe espanhola, a nova inimiga do soldado aposentado William ‘Bill’ Lapschies, nascido em Salem em 1916, foi a Covid-19 – e ele venceu a batalha! Aos 104 …

Quarentena em todo o mundo deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus (SARS-CoV-2) estão deixando a Terra mais silenciosa - ao menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. É que as atividades humanas, tais como a circulação …

UE teme que política autoritária adotada na Hungria por causa do coronavírus tenha efeito dominó no bloco

Em nome da luta contra o novo coronavírus, a Hungria estabeleceu estado de emergência e concedeu poderes ilimitados ao governo de Viktor Orbán. A Europa condena o uso político da pandemia da Covid-19 e …

Grécia põe campo de refugiados em quarentena após infeção

Autoridades confirmam ao menos 20 infecções, todas sem sintomas. Exames foram feitos após uma mulher que deu à luz ter testado positivo para o novo coronavírus no hospital. A Grécia colocou em quarentena o campo de …

Bactérias em rochas a 6 km de profundidade no Pacífico reacendem esperanças de vida em Marte

Bactérias unicelulares recém-descobertas nas profundezas marinhas deram aos investigadores pistas sobre como podem encontrar vida em Marte. A novidade científica foi anunciada hoje (2) no portal SciTechDaily em um artigo da Universidade de Tóquio, Japão. Estas …

JK Rowling lança portal do Harry Potter e salva quarentena mundial

A saga de ‘Harry Potter’ acabou faz muito tempo e conquistou milhões de fãs ao redor de todo o mundo. E nesse momento de quarentena, quem poderia esquecer do bruxinho mais famoso da cultura pop? Quem …

Potência agrícola da Europa, Itália enfrenta falta de mão de obra para manter cadeia produtiva de alimentos

“Existe o risco de escassez de alimentos no mercado mundial, devido a perturbações derivadas da COVID-19 no comércio internacional e nas cadeias de suprimentos” . Este foi o alarme lançado na quarta-feira (1) em …

"Gangue" de cabras selvagens toma conta das ruas de uma cidade britânica em quarentena

Um rebanho de cabras selvagens simplesmente tomou as ruas desertas de Llandudno, no País de Gales, enquanto seus residentes ficam dentro de casa para limitar a propagação do coronavírus. O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, …