Trump diz que os EUA já perderam a guerra comercial com a China

Kevin Lamarque / Reuters

Donald Trump

Donald Trump respondeu às ameaças da China negando a existência de uma guerra comercial entre os dois países. “Essa guerra foi perdida há muitos anos.” 

Nesta quarta-feira (4), o presidente norte-americano Donald Trump disse, no Twitter, que os EUA não está “em guerra comercial com a China porque essa guerra foi perdida há muitos anos pelas pessoas tolas e incompetentes” que representaram o país.

“Agora temos um deficit comercial de 500 bilhões de dólares por ano, com roubo de propriedade intelectual de mais de 300 bilhões de dólares”, escreveu, reiterando que “não podemos deixar isso continuar”.

O tuíte foi publicado depois de a China ter anunciado a introdução de taxas sobre importações de mais de 100 produtos americanos, na segunda-feira (2). A resposta da China veio no seguimento da decisão dos EUA colocarem maiores restrições aduaneiras ao aço e alumínio chinês, apontando ainda restrições ao investimento chinês em território norte-americano.

Além disso, Washington também prepara mais sobretaxas em produtos chineses que podem ter impacto em importações no valor de entre 50 e 60 bilhões de dólares, escreve o Dinheiro Vivo.

Donald Trump atacou consistentemente a China devido ao deficit comercial entre os dois países, que totalizaram 375,2 bilhões de dólares no ano passado, e pediu ao governo chinês que encontrasse uma forma de reduzir a diferença em 100 bilhões de dólares, informou o Business Insider.

Segundo os economistas, a redução do deficit comercial entre os dois países será difícil, e Trump pode mesmo arriscar uma guerra comercial. De acordo com Adam Slater, principal economista da Oxford Economics, a disputa entre os EUA e a China ainda não é uma guerra comercial oficial, mas o perigo está presente.

No começo de março, Trump disse que as guerras comerciais são fáceis de ganhar. No entanto, seu discurso mudou, e agora o presidente defende que quando se perde 500 bilhões de dólares, já não há nada a perder.

A queda de braço entre as duas maiores economias do mundo deixa os economistas e os mercados financeiros apreensivos, com medo de uma escalada dos ataques e contra-ataques que podem colocar em causa a recuperação da economia mundial.

Os receios são sentidos no comportamento das bolsas. Segundo o Dinheiro Vivo, só no último mês, a apreensão com o risco de uma guerra comercial tirou cerca de 4% das bolsas norte-americanas, europeias e chinesa.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Polícia encontra 39 corpos dentro de caminhão em Essex na Inglaterra

Corpos de 39 pessoas foram encontrados na madrugada desta quarta-feira dentro de um caminhão em Essex, na Inglaterra. A polícia foi acionada pelo serviço de ambulância pouco antes de 1h40 (horário local), logo após a descoberta …

Experimento de fusão nuclear com armas de plasma está quase pronto

A montagem do Experimento de Revestimento de Plasma no Laboratório Nacional de Los Alamos tem bom andamento com a instalação de 18 das 36 pistolas de plasma previstas. Esta representa uma abordagem ambiciosa para conseguir …

Eduardo Bolsonaro desiste de ser embaixador nos EUA

Filho do presidente anuncia decisão após conquistar liderança do PSL na Câmara e em meio à incerteza sobre apoio de senadores à sua indicação à embaixada. Deputado diz que fica no Brasil para defender pauta …

Após coletes amarelos, Macron enfrenta crise e onda de suicídios no meio rural

Agricultores franceses protestaram nesta terça-feira em toda a França contra o que chamam de “agribashing”, ou, em tradução livre da expressão em inglês, uma "agressão violenta" (“bashing”) contra o setor. O fenômeno se repetiu na Alemanha, …

Sujar-se de terra é o mais moderno e eficaz antidepressivo de acordo com este estudo

Com a depressão já diagnosticada como a doença do século XXI, em um mundo cada vez mais tomado por medicamentos como a agomelatina, amitriptilina, escitalopram, mirtazapina e paroxetine – entre tantos outros – , a …

Patenteado material que permite ocultar objetos e é chamado capa de invisibilidade

A empresa canadense fabricante de uniformes de camuflagem para militares, HyperStealth Biotechnology, anunciou quatro pedidos de patente, todos relacionado ao Quantum Stealth. O material também é chamado de “capa de invisibilidade”. O inventor dos quatro pedidos …

Netanyahu desiste de formar governo em Israel

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, renunciou, nesta segunda-feira (21), à tarefa de formar um novo governo. O presidente Reuven Rivlin informou que entregará a missão ao opositor Benny Gantz. O primeiro-ministro anunciou a decisão nas redes …

'Nunca houve tanta interferência de uma família dentro de um poder', diz Joice sobre governo

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) declarou nesta segunda-feira (22) que "nunca houve tanta interferência de uma família dentro de um poder" como existe no governo do presidente Jair Bolsonaro. Após ser retirada da função de …

"Táxis de cocaína" são problema crescente em Berlim

Aumento do número de veículos que entregam drogas diretamente na casa dos usuários preocupa a polícia berlinense. A cocaína perde apenas para a heroína como causa de mortes relacionadas a drogas na capital alemã. A polícia …

A casa da Barbie existe na vida real – e você pode se hospedar lá

Possivelmente a mais célebre e vendida boneca do mundo, a Barbie costumava sugerir uma vida de luxo e deleite ao imaginário da criançada que cresceu – e ainda cresce – inventando uma vida enquanto brinca …