Brasil pede explicação ao Facebook sobre vazamento de dados de 400 mil brasileiros

O governo federal notificou o Facebook para explicar o suposto vazamento de dados para a empresa britânica de marketing digital Cambridge Analytica. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (18) pelo Ministério da Justiça.

Em março deste ano, veículos de mídia dos Estados Unidos e do Reino Unido revelaram que um desenvolvedor, Aleksandr Kogan, coletou informações de milhões de pessoas usando um aplicativo e repassou à empresa de análise, que utilizou os registros para influenciar eleições, como a disputa dos Estados Unidos de 2016.

Neste mês, o Facebook revelou que o vazamento teria atingido 87 milhões de pessoas, indo além dos Estados Unidos. Esse total incluiu 443 mil usuários brasileiros, que segundo a empresa foram notificados sobre o ocorrido.

A notificação do governo brasileiro, expedida pela Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça, traz uma série de questionamentos que deverão ser respondidos em até 10 dias pelo Facebook. Entre eles, o número de brasileiros atingidos, como os dados foram utilizados e a quem essas informações foram repassadas.

Em depoimento ao Congresso dos EUA, o presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, admitiu que outras empresas compraram as informações levantadas pelo desenvolvedor Aleksandr Kogan. A Senacon também indagou o escritório do Facebook no Brasil sobre o que está sendo feito para contornar o problema.

De acordo com o Ministério da Justiça, se os questionamentos não forem respondidos poderá haver a instauração de processo administrativo. Se condenada, a empresa pode ser multada em até R$ 9 milhões.

“Esse compartilhamento indevido viola a Constituição Federal, que resguarda a privacidade do cidadão”, diz a secretária substituta, Ana Carolina Caram.

Questionado pela ABr sobre a notificação, o Facebook enviou um comunicado em que afirma que “nada é mais importante do que proteger a privacidade das pessoas. Estamos à disposição para prestar esclarecimentos às autoridades sobre este caso”, disse a assessoria de empresa.

Em depoimento ao Congresso dos EUA, Zuckerberg admitiu falhas no cuidado com os dados de usuários e anunciou medidas que, segundo ele, aumentariam o controle das pessoas sobre as informações na plataforma.

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) já havia aberto investigação sobre a responsabilidade do Facebook no caso no dia 21 de março. No documento que instaura o inquérito, o órgão aponta um “tratamento ilegal de dados” no episódio.

Congresso

No Congresso Nacional, deputados também solicitaram explicações ao Facebook sobre o caso. Na Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) foram apresentados diversos requerimentos sobre o vazamento e temas correlatados, como a relação entre dados pessoais e eleições.

Os integrantes do colegiado aprovaram um seminário sobre privacidade, dados pessoais, as chamadas fake news e a regulação das plataformas.

Ciberia // Agência Brasil

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

A descoberta sobre o sistema imunológico que pode ajudar a combater todos os tipos de câncer

Uma recente descoberta sobre o nosso sistema imunológico pode se tornar uma arma para tratar todos os tipos de câncer. Uma equipe de cientistas da Universidade de Cardiff, no País de Gales, desenvolveu um método em …

Holanda apresenta primeira usina de energia solar flutuante do planeta

A partir de 2022, a Holanda deverá ter a primeira usina de energia solar flutuante em funcionamento no mundo. Construída na água, a estação de energia limpa deverá se chamar Zon-op-Zee (“Sol no Mar”, em …

Novo vírus infecto-contagioso explode na China e outros países já estão em alerta

O misterioso vírus que surgiu na China nos últimos dias de 2019 acaba de chegar aos Estados Unidos. As autoridades americanas confirmaram que um homem vindo da China está infectado com o vírus, que é …

Davos assiste choque entre Greta Thunberg e Trump sobre o clima

A 50ª edição do Fórum Econômico Mundial de Davos começou nesta terça-feira (21) na Suíça dominada pelos debates sobre as mudanças climáticas. Pelo segundo ano consecutivo, a jovem ativista sueca Greta Thunberg foi convidada a …

China proibirá plástico não biodegradável

País asiático quer reduzir o uso de produtos como talheres e sacolas descartáveis em 30% até 2025. Plano prevê proibições escalonadas em hotéis, restaurantes e serviços de entrega do comércio eletrônico em áreas urbanas. As autoridades …

Inteligência artificial está sendo usada para combater extinção de pinguins

Uma tecnologia de inteligência artificial está sendo determinante no combate à extinção de pinguins no mundo. A ferramenta está sendo utilizada pela Gramener, empresa membro Intel AI Builder, que, a partir de imagens de regiões …

Criaram um escape room baseado em La Casa de Papel

As empresas Fever Originals, Atresmedia e Enigma Exprés criaram um escape room na Espanha baseado em “La Casa de Papel“. Mais de 80 mil pessoas participaram da primeira temporada do desafio. Vestidos com os uniformes e …

Guaidó desafia proibição de deixar Venezuela e inicia giro internacional em busca de apoio

O opositor venezuelano Juan Guaidó voltou a desafiar a proibição de deixar o país. O autoproclamado presidente interino viajou para a Colômbia, antes de seguir para Bélgica e Suíça. Ele pretende participar do Fórum …

FMI prevê melhora para economia brasileira, apesar da redução do crescimento mundial

O Fundo Monetário Internacional reduziu nesta segunda-feira (20) sua expectativa de crescimento global para este ano. A instituição é mais otimista sobre a situação do Brasil, que deve crescer nos próximos anos. O FMI disse …

Harry diz estar triste por deixar deveres reais

O príncipe Harry falou neste domingo (19/01) de sua tristeza por ser obrigado a desistir de seus deveres reais em um acordo com a família real britânica, dizendo não haver outra opção se ele e …