França e a islamofobia que torna obrigatório o uso de máscaras mas proíbe a burca

Depois de 55 dias de isolamento total em quarentena, a França começou, no último dia 11, a experimentar os primeiros passos de reabertura, com algumas escolas e estabelecimentos comerciais abrindo suas portas mas seguindo ainda restrições e determinações severas – incluindo o uso de máscaras em qualquer lugar público como determinação obrigatória.

Tal medida, no entanto, revela em paradoxo o potencial preconceito contido em outra lei, de 2010 e ainda vigente, que proíbe o uso de burcas e véus para a população islâmica ao dizer que “ninguém pode, no espaço público, usar uma roupa que oculte o rosto”. E agora o que dizer do uso obrigatório das máscaras?

Pois a nova lei das máscaras não libera o uso de burcas e outras vestimentas típicas para mulheres islâmicas ao obrigar que justamente, na prática, o rosto seja coberto – contrariando o que prevê a lei de 2010.

À época o presidente Nicolas Sarkozy afirmou que a legislação defendia a dignidade das mulheres. “Somos uma velha nação reunida em torno de certa ideia de dignidade humana, em particular da dignidade feminina, em torno de certa ideia de vida em comum”, disse Sarkozy. “O véu integral, que oculta totalmente o rosto, atenta contra esses valores, para nós fundamentais”.

Trata-se de debate importante, mas que atenta violentamente contra a liberdade religiosa no país – para muitas mulheres o uso dos véus é, afinal, um compromisso religioso inviolável.

A reabertura parcial da quarentena na França – em isolamento desde 17 de março – permite que pessoas viajem até 90 quilômetros de distância de suas casas e reabre escolas e algumas lojas, mas as aulas não são obrigatórias. Outros estabelecimentos como cafés e cinemas seguem fechados no país, que pelo visto manterá em contradição as duas leis, obrigando corretamente que a população se proteja e proteja os outros através do uso de máscaras, mas impedindo a liberdade de expressão e a liberdade religiosa ao manter vetado o possível uso das vestimentas típicas islâmicas.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Primeiro ataque militar da era Biden mata pelo menos 17 no leste da Síria

Os Estados Unidos atacaram, nesta quinta-feira (25), infraestruturas utilizadas pelas milícias pro-iranianas no nordeste da Síria, deixando 17 mortos. Esta é a primeira operação militar organizada pelo governo de Joe Biden. A ação é …

Tiranossauros jovens impediram o desenvolvimento de espécies menores, diz estudo

A pesquisa demonstrou que grandes dinossauros, como o T-rex, que cresceram de um pequeno tamanho até se tornarem criaturas enormes, modificaram seus ecossistemas ao competirem com espécies rivais menores. Um estudo publicado nesta sexta-feira (26), no …

UE quer passaporte para vacinados até meio do ano

A União Europeia quer estabelecer um sistema de passaportes para vacinados contra covid-19 ainda antes de suas férias de verão, no meio do ano. O setor turístico é fundamental para várias economias do bloco, sobretudo …

Facebook encerra contas do exército birmanês devido ao recurso à violência

A rede Facebook anunciou hoje em comunicado ter encerrado as contas vinculadas à junta militar birmanesa devido ao uso da "violência mortífera" contra os manifestantes que têm protestado contra o golpe militar perpetrado no …

Malcolm X: carta indica plano do FBI e polícia de NY para assassinar líder negro

Morto em 1965, aos 39 anos, em Nova York, o ativista negro norte-americano Malcolm X não teve, até hoje, o assassinato totalmente esclarecido. Contudo, o surgimento recente de uma carta aponta para uma possível conspiração entre …

NVIDIA e Stefanini anunciam que desenvolverão Inteligência Artificial no Brasil

A Nvidia Enterprise e a Woopi, empresa do Grupo Stefanini focada em Inteligência Artificial (IA) anunciaram nesta quarta-feira (24) uma parceria para desenvolver soluções de IA e processamento de linguagem natural. E o primeiro projeto …

250 mil mortos por covid no Brasil: o que significa esse número

O Brasil acumula um quarto de milhão de mortes por covid-19, às vésperas de se completar um ano desde o primeiro caso de coronavírus ter sido identificado no país. Segundo as contas do consórcio de imprensa …

Na diplomacia das vacinas, Israel troca imunizante por reconhecimento de Jerusalém como capital

No combate à Covid-19, Israel é exemplo mundial. A metade da população do Estado hebreu já recebeu pelo menos uma dose da vacina contra o coronavírus e um terço está completamente imunizada, com as …

"Subestimar Rússia de Putin é sempre um erro", diz indicado de Biden para chefiar CIA

Nesta quarta-feira (24), William Burns, o indicado do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para o cargo de diretor da CIA, disse que subestimar a Rússia é sempre um erro e acusou a China de …

Chinês é condenado a pagar indemnização à ex-mulher por trabalho doméstico

Um tribunal na China ordenou um homem a pagar compensações a sua ex-esposa pelo trabalho doméstico realizados por ela durante os cinco anos em que estiveram casados, segundo divulgou a imprensa chinesa nesta quarta-feira (24/02). O …