Freira foi estuprada, ficou grávida e agora processa Igreja Católica no Chile

(dr) TVN

 Irmã Francisca foi violentada dentro do convento por um homem que fazia uma reforma no local

Irmã Francisca foi violentada dentro do convento por um homem que fazia uma reforma no local

Quando pediram para que a irmã Francisca cuidasse da alimentação do grupo de homens que reformavam o convento onde vivia enclausurada no coração de Santiago, no Chile, não tinha ideia do quanto aquilo mudaria sua vida.

irmã Francisca resume o que ocorreu em três palavras: “Começou meu calvário“, segundo a emissora local chilena TVN.

Tudo ocorreu em 2012, quando a madre superiora autorizou um grupo de homens a dormir no convento onde trabalhavam. Francisca cuidava deles. Mas certo dia, aproveitando que ela não se sentia bem, segundo conta a religiosa, um dos homens, Hernán Rios Valdivia, a levou para um quarto e a estuprou.

Foi “um golpe assustador que mudou a minha vida”, relembra a religiosa. Traumatizada e com medo de que ninguém acreditasse na história, irmã Francisca não contou para ninguém o que havia acontecido. “Como mulher, me senti incapaz de falar, com medo de não acreditarem em mim e fazer ameaças. E eu preferia ficar quieta”, diz.

Mas, três meses depois do ataque, ela descobriu que estava grávida. No convento, a notícia não foi bem recebida. “Fui caluniada, disseram que era culpada e que fiz aquilo de propósito”, conta a freira.

“Eu implorei dizendo que era inocente. Minhas irmãs foram muito cruéis comigo.” Desde então, a encarregada do convento passou a pressioná-la para que deixasse o hábito e assinasse sua demissão “voluntária” da ordem. No entanto, Francisca se negou.

Como ninguém acreditou em sua versão – e até chegaram a acusá-la de roubo, de acordo com o seu testemunho – Francisca decidiu deixar o convento.

Denúncias à Justiça

Com a ajuda de ONGs, ela deu seu bebê para adoção e denunciou o que aconteceu para a Justiça. Em novembro de 2015, Rios Valdivia foi condenado por estupro.

No entanto, a irmã Francisca diz que isso não foi suficiente para que pudesse viver em paz, como disse à TVN. “Eu tive que me calar, tive que fingir que estava tudo bem, tive que engolir minhas lágrimas e tive que esconder coisas que me aterrorizavam”, diz ela.

A religiosa culpa uma instituição que considerava sua “única família” e a abandonou: “A igreja, que sempre defendi como um leoa”. Francisca processou a arquidiocese de Santiago e Ordem das Clarissas Capuchinhas.

A resposta da igreja

Os assessores do arcebispo de Santiago, Ricardo Ezzati, dizem que ele não esteve a par do caso. “O bispo não entra em detalhes da vida interna, comum e cotidiana das freiras”, disse Jorge Concha, bispo auxiliar de Santiago, entrevistado pelo programa de televisão 24 horas.

A principal diocese da Igreja Católica no Chile diz que soube do caso apenas quando recebeu a notificação do processo civil e que, anteriormente, nunca tinha sido informada pela vítima ou pela madre superior.

Francisca duvida dessa versão. Ela garante que advogados da arquidiocese a visitaram anteriormente com “suas irmãs” para discutir a sua renúncia. “Senti-me extremamente intimidada”, diz a irmã.

O Vaticano não comentou o caso.

Ciberia // BBC / TVN

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Mãe em Estocolmo não é mais suspeita de aprisionar filho

Promotores suecos estão retirando seu caso contra uma mulher acusada de prender o filho por vários anos. De acordo com as últimas informações, não há provas suficientes de que ele havia sido detido contra sua …

Mistério de galáxia desprovida de matéria escura é revelado

As observações astronômicas apontam para forças de "maré" e comportamento "canibal" de uma galáxia vizinha, que explicariam a escassez deste componente invisível. Se alguma galáxia é pobre em matéria escura, pode ser devido a uma interação …

Maioria das vacinas da Moderna será reservada no início para os Estados Unidos

A Moderna espera disponibilizar entre 100 e 125 milhões de doses de sua vacina contra a Covid-19 no primeiro trimestre de 2021. A empresa anunciou, nesta quinta-feira que, no início, entre 85 e 100 …

Amazonas é 3º estado com mais queimadas, emissões e desmatamento

Pela primeira vez, o Amazonas assume a terceira posição nos três principais rankings que indicam o avanço da degradação florestal na Amazônia brasileira, incluindo indicadores de queimadas, emissões de gases de efeito estufa e desmatamento …

Sudão bane casamento infantil e mutilação genital feminina, mas prática apresenta desafios

Depois de derrubar o ditador Omar al-Bashir no ano passado, o Sudão deu importante passo para reverter alguns dos tantos horrores cometidos contra a população feminina no país – e tornou ilegal tanto o casamento …

Namíbia elege deputado chamado Adolf Hitler

O nome de um recém-eleito político da Namíbia, vem chamando atenção na mídia nacionais e internacionais. "Adolf Hitler teve uma vitória esmagadora nas eleições regionais na Namíbia", relatou o portal de notícias alemão Spiegel Online nesta …

Astrônomos mapeiam 1 milhão de galáxias previamente desconhecidas

Cerca de um milhão de galáxias previamente desconhecidas para além da Via Láctea foram adicionadas a um mapa detalhado de seção de espaço. Pesquisas sobre o espaço normalmente demoram anos para serem completas, mas um novo …

Brasil recebe vacina de Oxford em janeiro, promete Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que o primeiro lote das vacinas de Oxford chega ao Brasil em janeiro. Serão 15 milhões de doses entre janeiro e fevereiro, totalizando 260 milhões ao longo do …

Cingapura é primeiro país a aprovar venda de carne de laboratório

Empresa californiana obteve autorização da cidade-Estado para usar sua carne de frango produzida a partir de cultura celular em chicken nuggets e garante que preço será competitivo. Cingapura é o primeiro país do mundo a aprovar …

Relatório da ONU aponta que 2020 deve ser um dos 3 anos mais quentes já registrados

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) publicou um relatório que aponta que o ano de 2020 deve ser um dos três anos mais quentes desde o início dos registros de temperatura. O secretário-geral da OMM, Petteri Taalas, …