Para onde vai a gordura que queimamos quando fazemos exercícios?

Perante a pergunta “Para onde vai a gordura que queimamos quando fazemos exercício?”, 147 médicos, nutricionistas e preparadores físicos, não souberam responder corretamente.

Num questionário liderado pelo cientista Ruben Meerman, da Escola de Ciências Biomoleculares da Universidade de New South Wales, na Austrália, eram dadas três opções aos especialistas: a) a gordura se transforma em energia ou calor; b) a gordura se transforma em músculo; ou c) a gordura se transforma em dióxido de carbono e água.

O grupo de profissionais apostou, maioritariamente, nas opções A e B. Mas, na realidade, a resposta correta é a C, ou seja, a gordura se transforma em dióxido de carbono e água. Surpreendente, não?

A resposta mais comum foi a de que a gordura se converte em energia. O problema desta afirmação é que isso entra em confronto com a lei da conservação da matéria, à qual obedecem todas as reações químicas. Sobre a opção B, Meerman diz que é impossível que a gordura se transforme em músculo.

A resposta correta é a C, já que reflete a função dos pulmões como o “principal órgão excretor de gordura”, explica Meerman num estudo publicado no British Medical Journal em 2014, citado pela BBC.

“A água formada pode ser expelida através da urina, das fezes, do suor, da respiração ou de outros fluidos corporais. Se perder 10 quilos de gordura, 8,4 sairão por meio dos pulmões e os restantes 1,6 quilos vão se tornar água”, explicou Meerman“Em outras palavras, praticamente exalamos todo o peso que perdemos“.

O erro dos médicos

Dos 150 especialistas consultados, apenas 3 responderam corretamente. Meerman conduziu a consulta entre especialistas australianos, mas a mesma conceção equivocada é compartilhada nos Estados Unidos, Reino Unido e em vários outros países europeus, explicou à BBC.

“A forma como as universidades atualmente ensinam sobre o metabolismo se baseia exclusivamente na energia da molécula metabolizada“, referiu.

Meerman se refere a isso como o “mantra da energia que entra – energia que sai“. No estudo, o cientista menciona que os cursos de bioquímica nas escolas focam muito na produção de energia.

O pesquisador defende também que, além das comidas e bebidas que ingerimos, também devemos levar em conta o oxigênio que inalamos.

Por exemplo, se no corpo entram 3,5 quilos de comida e água, mais 500 gramas de oxigênio, no total são 4 quilos que devem sair. “De outra forma, ganharia peso”, escreve Meerman.

Segundo o especialista, “perder peso requer desbloquear o carbono armazenado nas células de gordura”. Ao respirar, produzimos gás carbônico, por isso, se respirarmos mais, perdemos mais gordura?

Infelizmente, não“, diz Meerman. “Respirar mais do que o necessário só causará hiperventilação, levando apenas a náuseas ou um desmaio. A única maneira pela qual conscientemente pode aumentar a quantidade de dióxido de carbono produzida pelo seu corpo é ao mover os músculos”.

Além dos exercícios, Meerman menciona outras formas através das quais produzimos dióxido de carbono. Por exemplo, uma pessoa com 75 quilos produz cerca de 590 gramas de dióxido de carbono em repouso.

“Nenhuma pílula ou poção pode aumentar esse valor”, diz o cientista.

Dormindo, uma pessoa exala cerca de 200 gramas de dióxido de carbono. Por outro lado, somente o fato de uma pessoa se vestir faz dobrar o ritmo do metabolismo. Caminhar, cozinhar ou varrer triplica. Assim, a chave para perder peso está em “comer menos e se mexer mais”.

“Qualquer dieta que dê menos combustível do que o queimado fará a coisa funcionar”, conclui.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Alemães usam criatividade para manter distanciamento social

Até final de junho, distância mínima está em vigor em espaços públicos. Instituições de cultura encontraram meios engenhosos para reunir grupos com segurança. Ideias vão de chapéu com boia até orações em estacionamento. Com medidas de …

YouTube exibe mais de 100 filmes de ‘Cannes’ e outros festivais de cinema durante quarentena

Assim como outros eventos do cinema em 2020, o ‘Festival de Cannes’ foi cancelado em função da pandemia do novo coronavírus. Já os festivais de Veneza e Toronto, previstos para setembro, ainda são incertos. Mas, …

Moradores do Catar compram novos celulares para escapar de aplicativo espião anti-Covid

Os aplicativos para smartphones destinados a rastrear pessoas infectadas com o novo coronavírus se tornaram instrumentos de controle das atividades de milhares de cidadãos, principalmente em países não democráticos. É o caso do emirado do Catar, …

Apenas 22% das empresas têm recursos para manter atividades por mais um mês, diz CNI

Levantamento realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) diz que apenas 22% das empresas têm recursos para manter atividades por mais um mês diante da crise do coronavírus. O relatório aponta que 45% das empresas podem …

Satélites podem ter problemas com o enfraquecimento do campo magnético da Terra

O campo magnético da Terra protege nosso planeta da radiação solar perigosa, mas ele não é estático. Nos últimos 200 anos ele ficou 9% mais fraco, e esse enfraquecimento pode causar problemas de funcionamento em …

Netflix não está enviando seus filmes para os festivais como costumava fazer

A pandemia de COVID-19 causou complicações em todas as áreas e festivais de todos os tipos tem sofrido intensamente com a impossibilidade de reunir pessoas. O Oscar 2021, um dos maiores festivais de cinema e, certamente, …

Metade da matéria do universo havia sumido, mas foi encontrada

Uma equipe internacional de pesquisadores parece ter finalmente resolvido o “problema dos bárions desaparecidos”. Bárion é uma classificação genérica para um tipo partículas que engloba prótons e nêutrons. Estas partículas, por sua vez, são os blocos …

Máscara elétrica autolimpante que carrega celular deverá custar apenas 1 dólar

Devido à pandemia do coronavírus, diversos especialistas alertam para a, cada vez mais real, possibilidade de usarmos máscaras para sair de casa até, no mínimo, o final do ano. Por isto, diversas empresas estão estendendo …

Bolsonaro bate recorde de rejeição, mostra Datafolha

Na primeira pesquisa feita após divulgação de vídeo da reunião ministerial, 43% dos entrevistados consideram governo ruim ou péssimo. Entre os quatro últimos presidentes eleitos, Bolsonaro é o pior avaliado. O índice de rejeição ao presidente …

Renault detalha plano econômico e anuncia 4.600 cortes na França

A empresa automobilística revelou nesta sexta-feira seu plano de cortes no país que integra um plano de economias de cerca de € 2 bilhões (cerca de R$ 12 bilhões) em três anos. A Renault …