Grindr compartilhou informação dos utilizadores sobre HIV

O aplicativo de encontros para homossexuais Grindr se defendeu depois de protestos devido ao compartilhamento de dados dos utilizadores com duas empresas externas.

Entre outras coisas, nesta segunda-feira (2) os utilizadores do aplicativo ficaram sabendo que a plataforma tinha repassado informação sobre o status dos utilizadores com relação ao HIV, incluindo a data do último teste, revela a BBC.

Desde 2009, data em que surgiu, o Grindr tem lutado publicamente pela promoção de relações homossexuais saudáveis, promovendo campanhas de prevenção contra o HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis.

O Grindr, que conta com 3,6 milhões de utilizadores em todo o mundo, se defendeu das acusações argumentando que os dados teriam sido compartilhados de acordo com práticas industriais padrão, e que o app tinha sido injustamente acusado. Além disso, acrescentou o Grindr, a informação não teria sido passada a empresas publicitárias.

As companhias que receberam a informação – a Apptimize e a Localytics – são pagas para monitorar a forma como os utilizadores interagem com o software de forma a entender o que pode ser melhorado.

A informação mais sensível teria sido criptografada, revelou o Grindr, apesar de um grupo de campanha da Noruega ter dito que o compartilhamento de outros dados não criptografados pode incorrer numa potencial invasão de privacidade.

“O HIV está ligado a todas as outras informações. É esse o principal problema”, disse Antoine Pultier da Fundação para Pesquisa Científica e Industrial (SINTEF) em entrevista ao BuzzFeed e autor da denúncia. “Chamo isso de incompetência de alguns criadores que enviam tudo, incluindo informação sobre o HIV”.

No entanto, o chefe do Departamento de Segurança da Grindr, Bryce Case, disse ser comum o compartilhamento de dados dos utilizadores com terceiros, tendo em vista o objetivo de melhorar o app. “Entendo que o ciclo noticioso no momento esteja muito focado nesses assuntos. Mas o que acontece com o Grindr é injusto”, afirmou.

De momento, o Grindr já teria parado o compartilhamento de informações sensíveis sobre seus utilizadores com a Apptimize e está em processo de encerrar a relação com a Localytics.

Aos utilizadores do Grindr é dada a opção de compartilhar o status de HIV no perfil, assim como a data do último teste realizado – uma opção apoiada, segundo a empresa, por grupos LGBT e organizações internacionais de saúde.

A informação é disponibilizada para potenciais pretendentes no aplicativo e pode também servir para ativar outros recursos, como lembretes para a data do próximo teste e locais onde podem realizá-lo.

“Cabe a cada utilizador determinar o que compartilhar no perfil”, disse o Grindr em comunicado. E acrescentou: “O Grindr nunca, jamais, vendeu ou venderá informações de utilizadores pessoalmente identificáveis – especialmente informações sobre o status de HIV ou a data do último teste – para terceiros ou anunciantes”.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

O raro pedido de desculpas de Kim Jong-un pela morte de sul-coreano na Coreia do Norte

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, divulgou um raro pedido de desculpas pessoal pelo assassinato de um cidadão sul-coreano, segundo o governo da Coreia do Sul. Kim disse a seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, …

Esses são os preparativos finais para a NASA coletar amostras do asteroide Bennu

A NASA já iniciou a contagem regressiva para o grande momento da missão OSIRIS-REx: a coleta de amostras do asteroide Bennu, que acontecerá no dia 20 de outubro. Será uma manobra complicada para a sonda …

Trump volta a lançar dúvida sobre processo eleitoral nos EUA

Após recusar comprometimento com transição pacífica de poder, presidente americano diz não saber se é possível um pleito "honesto". Líder republicano no Senado diz que transferência de mandato presidencial será ordenada. O presidente dos EUA, Donald …

Criador do Novichok aponta falta de principais sintomas da substância em Navalny

Leonid Rink não considera convincente a evidência apresentada pela Alemanha sobre o alegado uso do Novichok contra o opositor russo, pois, se isso tivesse acontecido, os efeitos teriam sido diferentes. Podem ter sido encontrados vestígios de …

Este pode ser o 1º planeta descoberto em outra galáxia, a 23 milhões de anos-luz

Astrônomos encontraram um candidato a planeta localizado em outra galáxia, bem longe da Via Láctea, em uma região de intensa atividade caótica. Este mundo distante parece ser um pouco menor do que Saturno e orbita um …

EUA: Trump causa alvoroço ao recusar transição pacífica caso perca as eleições

Donald Trump tensionou a classe política nos Estados Unidos ao se recusar a garantir uma passagem pacífica do poder se perder a eleição presidencial dos Estados Unidos para Joe Biden, em 3 de novembro. Bastou uma …

Escolas de samba adiam desfile de Carnaval no Rio de Janeiro

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) decidiu adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro, devido à pandemia de covid-19. A decisão foi tomada, …

Governo brasileiro publica portaria sobre aborto retirando obrigatoriedade de informar polícia

Nova portaria publicada nesta quinta-feira (24) no Diário Oficial retira a obrigatoriedade de que a polícia seja avisada sobre a realização de abortos previstos em lei. O texto é assinado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. …

Asteroide passa ‘raspando’ pela Terra e chega mais perto de nós do que satélites de TV

Por pouco não tivemos a ‘visita‘ de um asteroide na manhã desta quinta-feira (24). O evento era, basicamente, a cereja do bolo do que está sendo o anos de 2020. Quase! O objeto, chamado de ‘2020 …

Sarcófago de 'supervisor dos tronos' é desenterrado no Egito

Um sarcófago de pedra calcária e várias estatuetas funerárias ushebti foram descobertas na cidade egípcia de Minya, por uma missão arqueológica do país, liderada por Mostafa al-Waziry, o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades do …