O que contribuiu em peso para o ‘colapso maia’?

Vviktor / Pixabay

Templo de Kukulcán, localizado em Chichén Itzá – uma cidade arqueológica maia, no Iucatã,

Pesquisas recentes reforçam a teoria de que o colapso de muitas das grandes cidades maias mesoamericanas estava relacionado a períodos prolongados de seca, alguns de até 200 anos.

Nayelli Jiménez Cano, pesquisadora do Laboratório de Zooarqueologia da Faculdade de Antropologia da Universidade Autônoma de Yacatán (UADY), explicou isso antes de dar uma palestra sobre o assunto.

A cientista explicou à Notimex que a zooarqueologia é uma disciplina que estuda os restos de todos os tipos de fauna animal, e que ajuda a compreender como as civilizações passadas exploravam os recursos animais e como essa exploração impactava os ecossistemas. Neste caso, essa ciência ajuda a confirmar que o clima teria tido muito a ver com o desastre de muitos dos povos nativos da América Central.

“A quantidade de ossos de animais encontrados em um local de exploração, por exemplo, também pode revelar muitas informações sobre como as pessoas que viveram lá há milhares de anos foram sustentadas”, disse Nayelli.

“Quanto mais ossos podemos encontrar, mais atividade antrópica [coisas modificadas ou produzidas por atividades humanas] há no ponto explorado. Os primeiros habitantes da Mesoamérica também coexistiram com a fauna doméstica, como a sociedade contemporânea, e eles também caçavam animais para comida, e muitos dos restos desses animais ainda estão lá”, comentou.

Decadência da civilização

Na opinião da especialista, os campos de milho gradualmente se tornaram mais importantes do que a selva para a obtenção de alimentos, especialmente milho, leguminosas e vegetais – este foi o início de um processo de desmatamento de florestas.

Para os antigos maias a dependência alimentar dos campos de milho teria sido uma das causas de seu colapso como civilização, referindo-se à decadência e abandono de muitas das cidades maias da Mesoamérica, especialmente na área da Guatemala.

“Estudos recentes reforçam a teoria de que na região houve períodos prolongados de seca que poderiam até superar os 200 anos, de modo que os campos de milho e sua forte dependência das chuvas já garantiam a sobrevivência”, afirmou.

Isso reforça a tese de que as pessoas tinham que deixar as áreas já urbanizadas para se deslocar para lugares com maior quantidade de fauna animal e poder obter alimentos, como montanhas e selvas, ou mesmo áreas costeiras.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Macron bate boca com policiais israelenses em Jerusalém

O presidente francês, Emmanuel Macron, discutiu nesta quarta-feira com agentes do serviço de segurança de Israel (Shabak) que faziam sua segurança durante uma visita à Cidade Velha de Jerusalém. Macron foi filmado dizendo em …

Lente de contato inteligente instala smartphone em seus olhos

Uma tecnologia que ‘instala’ smartphone nos olhos dos usuários, além de transformar a vida dos deficientes visuais, acaba de ser aprovada pela FDA – Food and Drug Administration, o órgão do governo dos Estados Unidos …

Grécia elege primeira presidente mulher

Juíza é escolhida nova chefe de Estado pelo Parlamento, com votos de governistas e opositores. Katerina Sakellaropoulou presidiu tribunal superior e foi indicada ao cargo pelo premiê conservador Kyriákos Mitsotákis. A juíza Katerina Sakellaropoulou se tornará …

A descoberta sobre o sistema imunológico que pode ajudar a combater todos os tipos de câncer

Uma recente descoberta sobre o nosso sistema imunológico pode se tornar uma arma para tratar todos os tipos de câncer. Uma equipe de cientistas da Universidade de Cardiff, no País de Gales, desenvolveu um método em …

Holanda apresenta primeira usina de energia solar flutuante do planeta

A partir de 2022, a Holanda deverá ter a primeira usina de energia solar flutuante em funcionamento no mundo. Construída na água, a estação de energia limpa deverá se chamar Zon-op-Zee (“Sol no Mar”, em …

Novo vírus infecto-contagioso explode na China e outros países já estão em alerta

O misterioso vírus que surgiu na China nos últimos dias de 2019 acaba de chegar aos Estados Unidos. As autoridades americanas confirmaram que um homem vindo da China está infectado com o vírus, que é …

Davos assiste choque entre Greta Thunberg e Trump sobre o clima

A 50ª edição do Fórum Econômico Mundial de Davos começou nesta terça-feira (21) na Suíça dominada pelos debates sobre as mudanças climáticas. Pelo segundo ano consecutivo, a jovem ativista sueca Greta Thunberg foi convidada a …

China proibirá plástico não biodegradável

País asiático quer reduzir o uso de produtos como talheres e sacolas descartáveis em 30% até 2025. Plano prevê proibições escalonadas em hotéis, restaurantes e serviços de entrega do comércio eletrônico em áreas urbanas. As autoridades …

Inteligência artificial está sendo usada para combater extinção de pinguins

Uma tecnologia de inteligência artificial está sendo determinante no combate à extinção de pinguins no mundo. A ferramenta está sendo utilizada pela Gramener, empresa membro Intel AI Builder, que, a partir de imagens de regiões …

Criaram um escape room baseado em La Casa de Papel

As empresas Fever Originals, Atresmedia e Enigma Exprés criaram um escape room na Espanha baseado em “La Casa de Papel“. Mais de 80 mil pessoas participaram da primeira temporada do desafio. Vestidos com os uniformes e …