Autor americano afirma ter encontrado provas de descendência judaica de Hitler

Leonard Sax, um autor do New York Times e psicólogo, afirma ter descoberto provas de que Adolf Hitler era parcialmente judeu.

Em suas descobertas, publicadas na revista acadêmica Journal of European Studies, revisado por pares, Sax se baseia nas revelações do político e criminoso de guerra alemão Hans Frank. Frank foi advogado pessoal de Adolf Hitler e governador-geral da Polônia durante a ocupação do Terceiro Reich.

Durante o seu testemunho em Nuremberg, Frank fez uma afirmação sensacional de que tinha investigado a ascendência de Hitler após o meio-sobrinho do líder nazi, William Patrick Hitler, o ter alegadamente chantageado com ameaças de revelar detalhes embaraçosos sobre a sua família.

Diz-se que Frank teria descoberto a correspondência da avó de Adolf Hitler, Maria Anna Schicklgruber.

Ele teria supostamente descoberto que Maria Anna trabalhou para um homem judeu na cidade austríaca de Graz e que o filho adolescente de seu empregador a engravidou em 1836 – o ano em que o pai de Adolf Hitler, Alois, foi concebido – no que se suspeita teria sido um estupro.

Nome do pai

Mas é alegado que a família de Maria Anna a rejeitou, e ela foi forçada a dar à luz seu filho no celeiro de um estranho no ano seguinte. Leonard Sax diz que o registro de batismo não menciona o nome do pai, e Maria Anna teria vivido com a “pensão alimentícia” enviada pela família judia.

Ela depois se casou com um homem chamado Johann Georg Hiedler e, quando seu filho Alois Schicklgruber tinha 39 anos, ele decidiu legitimar Hiedler como seu pai biológico, mas um padre escreveu mal seu nome, que se tornou “Hitler”.

Segundo Sax, Adolf Hitler sabia que seu avô paterno era judeu e estava “desesperado para escondê-lo”. A correspondência de Maria Anna com a família judia nunca foi publicada e o fuhrer ordenou a eliminação de qualquer menção da cidade onde sua avó viveu.

Adolf Hitler, em vez disso, empregou um genealogista, Rudolf Koppensteiner, que estabeleceu sua árvore genealógica dizendo que todos seus antepassados eram alemães austríacos.

Biografias principais

A história do advogado de Hitler foi questionada por muitos pesquisadores, e o consenso geral é que ele não era judeu. Um dos primeiros críticos foi Nikolaus von Preradovich, um historiador austríaco que declarou em 1957 que não havia “um único judeu” em Graz quando a avó de Hitler vivia lá.

Mas Sax afirma ter estudado todas as principais biografias e referências ligadas a Adolf Hitler e descobriu que todas as afirmações de que Hitler não tinha ascendência judaica são baseadas na de von Preradovich.

Ele continua a dizer que von Preradovich revelou-se ao longo de toda a linha como um “simpatizante nazista” que tinha amontoado elogios a Hitler e “citado frequentemente Mein Kampf”. Assim, argumenta Sax, o austríaco fez suas afirmações porque ele ficou “ofendido” pela sugestão de que o falecido fuhrer teria ascendência parcialmente judaica.

Sentimento de Hitler

Desmascarando ainda mais as alegações, Sax diz que pesquisou arquivos austríacos do início do século XIX, que mostram que tinha havido uma “comunidade judaica estabelecida” em Graz em 1850.

Sax acredita que, ao contrário de muitos antissemitas alemães do período entre guerras, o sentimento de Hitler não era econômico, mas “sexual”, já que não o impediu de comprar fuzis de fabricantes judeus, mas o levou a proibir as mulheres gentias de trabalhar para empregadores judeus e a destruir a cidade de sua avó.

Sax insiste que não há uma base probatória forte sobre a ancestralidade de Hitler e sugere que são necessárias mais pesquisas.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Companhia aérea cria rede de restaurantes de ‘comida de avião’ em terra firme

Em princípio a comida de avião não lembra o sabor e a qualidade de nossos restaurantes preferidos, muito menos a delícia de uma boa comida caseira – a não ser, é claro, para aqueles que …

Forças Armadas alemãs voltarão a empregar rabinos como capelães militares

As Forças Armadas da Alemanha (Bundeswehr) vão empregar rabinos como capelães militares. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (11/12) pela ministra da Defesa do país, Annegret Kramp-Karrenbauer. As dezenas de milhares de católicos e protestantes em …

Plantas dão gritos ultrassônicos quando estressadas, e podemos até dizer por que

Uma nova pesquisa da Universidade de Tel Aviv, em Israel, descobriu que plantações de tomate e tabaco podem falar. Infelizmente, nós não conseguimos escutar. Usando gravações, os cientistas concluíram que as plantas fazem sons ultrassônicos …

Fones inteligentes que alertam pedestres sobre perigos já estão sendo testados

Um impressionante dado levantado somente nos EUA diz muito sobre o efeito da tecnologia sobre nosso comportamento mais cotidiano – e, com isso, sobre nossas vidas e, pasmem, nossas mortes: nos últimos sete anos, o …

Evo Morales vai fazer da Argentina o seu comitê de campanha para as eleições na Bolívia

Em uma operação secreta, o ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, chegou à Argentina de onde vai comandar a campanha do seu partido para as próximas eleições. Depois de passar quase um mês no México, Evo …

Vespas insaciáveis: outro desastre provocado pela radiação de Chernobyl?

A radiação de Chernobyl intensificaria o metabolismo e o consumo de néctar em vespas se comparadas com as de outras regiões. A intensificação pode ter maiores consequências ecológicas. A mudança poderia estar relacionada à constante exposição …

Maioria considera justa a soltura de Lula, mostra Datafolha

Uma pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta segunda-feira (09/12) sugere que a maioria da população brasileira considera justa a libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ocorrida em novembro após ele cumprir um ano …

Agora sabemos sobre o que os orangotangos estão conversando: estudo

Um novo estudo da Universidade de Exeter desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os pesquisadores passaram dois anos filmando mais de 600 horas do comportamento …

Cientistas desenvolvem holograma com som e toque iguais aos de Star Wars

Quando pensamos em desenvolver tecnologias baseadas nos filmes de Star Wars, a primeira, segunda e terceira coisa que passa pela cabeça dos fãs é a criação de sabres de luz da vida real. Mas, para os …

Secom diz que não há 'indicativo de câncer de pele' em Bolsonaro

Após o presidente Jair Bolsonaro declarar que tinha feito exame para investigar "possível câncer de pele", a Secretaria de Comunicação da Presidência disse por nota que não havia qualquer indicativo da doença. O chefe de Estado …