Príncipes sauditas acusados de corrupção são detidos na “prisão mais luxuosa do mundo”

(dr) Ritz-Carlton

Ritz-Carlton, em Riyadh, na Arábia Saudita

É uma marca que se vangloria de ter “hotéis e resorts de luxo que criam experiências inesquecíveis de viagem nos principais destinos do globo”. Mas agora, ao que parece, está se transformando na “prisão mais luxuosa do mundo”.

Chefes de Estado, primeiros-ministros e membros da realeza costumam se hospedar na cadeia de hotéis de luxo Ritz-Carlton. Porém, em Riyadh, capital da Arábia Saudita, o resort desta marca exclusiva se tornou o que parece ser uma “gaiola de ouro”.

Segundo a BBC, que cita jornais locais, menos de seis meses depois da visita do presidente dos EUA, Donald Trump, durante a sua primeira viagem oficial ao país, quem está agora nas instalações de luxo deste hotel são proeminentes figuras sauditas. Com um pequeno pormenor: trata-se de uma estadia em regime penitenciário. É por isso que o hotel está sendo renomeado de “prisão mais luxuosa do mundo”.

De acordo com a imprensa saudita, o novo apelido surgiu depois da detenção de onze príncipes, quatro ministros e dezenas de ex-governantes no âmbito de uma vasta campanha anticorrupção dirigida pelo príncipe herdeiro Mohamed bin Salman.

Entre os detidos está o príncipe Alwaleed bin Talal, um dos homens mais ricos do Oriente Médio, que detém investimentos em empresas como a Apple, Twitter, Citigroup, News Corporation, Four Seasons e mais recentemente na Lyft.

As autoridades sauditas não confirmaram a informação, mas uma fonte oficial ouvida pelo The Guardian explica que o príncipe herdeiro “não podia colocá-los na prisão” e que, portanto, esta foi a solução encontrada.

“Esta foi a solução mais digna que conseguiu encontrar”, explicou a mesma fonte ao jornal britânico. O hotel, com seis anos de existência, tem 492 quartos e ocupa um terreno com mais de 200 mil metros quadrados.

Colchões no meio de um salão

Um vídeo publicado nesta terça-feira (7) pelo New York Times mostra uma sala, conhecida por ser um dos salões de pompa do hotel de luxo, com colchões estendidos no chão.

As imagens do jornal norte-americano também mostram homens de uniforme, cobertores de diferentes cores e padrões e uma arma encostada em uma das paredes do salão B.

Desde domingo (5) que vários carros da polícia cercam o hotel e os portões da entrada permanecem fechados, segundo a descrição do correspondente da France-Presse em Riyadh, Anuj Chopra.

Por sua vez, o site do Ritz-Carlton tem um aviso desde segunda-feira (6) alertando que “devido a circunstâncias imprevistas, a internet e as linhas telefônicas do hotel estão desconectadas até segunda ordem”.

Além disso, no sábado (4), as pessoas que estavam hospedadas no hotel foram obrigadas a deixá-lo, tendo sido levadas para outros complexos hoteleiros da capital saudita.

Na terça, a BBC tentou reservar um quarto no hotel, mas não foi possível finalizar o processo. O site da cadeia hoteleira mostra que não há quartos disponíveis em novembro, embora tenha sugerido a reserva de um quarto duplo em meados de dezembro por 300 euros (cerca de R$ 1.140) por noite.

Porém, logo em seguida, a possibilidade desapareceu.

Ciberia // BBC / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Brasil tem mais de 65 mil mortes por covid-19

O Brasil superou a marca de 65 mil mortos por covid-19 nesta segunda-feira (06/07), segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Ministério da Saúde. Foram 620 óbitos registrados nas últimas …

Homem cria uma "cadeira de rodas" off-road para que sua esposa possa ir a lugares que ela nunca imaginou

Quem precisa de uma cadeira de rodas para se locomover sabe que não é nada fácil percorrer certos terrenos. Viagens a lugares nevados, trilhas tropicais, montanhas… Tudo isso parece impossível. Mas não deveria ser. Aliás, …

Samsung pode ser beneficiada por tensão entre China e Índia

Enquanto os exércitos da China e da Índia se estranham na fronteira entre os dois países, quem pode sair ganhando com a rivalidade é uma empresa sul-coreana. A Samsung deve ser a principal beneficiada com o …

Com epidemia de Covid-19 controlada, Cuba inicia retomada do turismo internacional

Enquanto o coronavírus segue se propagando pelo continente americano, Cuba garante que a epidemia está controlada no país e reabre algumas praias ao turismo internacional. No total, país registrou pouco mais de 2.300 contaminações …

Pesquisadores encontram novos dados sobre época de Genghis Khan

Grande parte da vida de Genghis Khan permanece ainda um mistério, mas um novo estudo de pesquisadores da Austrália e Mongólia fornece novos dados sobre sua época. Genghis Khan, que teria vivido entre 1162 e 1227, …

Índia vê casos explodirem e vira um dos epicentros da pandemia

Com quase 700 mil casos de covid-19, a Índia ultrapassou a Rússia e se tornou nesta segunda-feira (07/07) o terceiro país mais atingido pela pandemia de covid-19 em todo o mundo. O Ministério da Saúde indiano …

Filho interrompe ao vivo de repórter para pedir biscoitos

Em mais uma das patacoadas do home-office, a jornalista Deborah Haynes da Sky News acabou sendo interrompida por seu filho, que fez um pedido bastante singelo para a mãe: ele queria alguns biscoitos. O vídeo foi …

Encontrados metais em crateras da Lua que podem dar pistas sobre sua formação

A hipótese mais aceita sobre a formação da Lua diz que ela surgiu após a colisão entre a Terra e um planeta do tamanho de Marte, chamado Theia. O suposto evento é chamado de “hipótese …

Coronavírus empurra Cuba de volta à crise

Apesar de a covid-19 estar sob controle no país, os problemas econômicos têm se agravado, e a já difícil situação de abastecimento se torna mais crítica. Segundo semestre deve ser ainda pior na ilha caribenha. Cuba …

Boicote ao Facebook: como a debandada de grandes anunciantes pode afetar sobrevivência da rede social

Boicotes podem ser extremamente eficazes: é o que o Facebook está descobrindo. No final do século 18, o movimento abolicionista encorajou o povo britânico a ficar longe de bens produzidos pelos escravos. Funcionou. Cerca de 300 …