Ex-funcionários do Twitter são acusados de espionar dissidentes sauditas em nome de Riad

Um tribunal de San Francisco, na Califórnia, acusou 2 ex-funcionários do Twitter e um terceiro homem de espionar perfis críticos à família real saudita, segundo anunciou o Departamento de Justiça dos EUA.

Segundo o órgão, dois cidadãos sauditas e um americano atuaram juntos, em nome do governo da Arábia Saudita e da família real, para descobrir detalhes de contas de dissidentes

De acordo com o inquérito, eles foram orientados por um oficial saudita não identificado, que trabalharia para alguém classificado como Membro da Família Real-1, apontado pelo jornal The Washington Post como sendo o príncipe Mohammed bin Salman.

Os nomes dos punidos são Ali Alzabarah e Ahmad Abouammo, ambos ex-empregados do Twitter, e Ahmed Almutari, um profissional de marketing com laços com a família real.
‘Agentes sauditas minaram sistema interno do Twitter’

“A denúncia criminal revelada hoje alega que agentes sauditas minaram o sistema interno do Twitter para obter informação pessoal sobre conhecidos críticos sauditas e milhares de outros usuários do Twitter”, afirmou o procurador americano David Anderson, segundo publicado pela agência AFP.

Os três foram acusados de atuar como agentes ilegais para um governo estrangeiro, crime que pode envolver tanto espionagem como lobby.

“As leis dos EUA protegem as empresas americanas de uma invasão estrangeira flagrantemente ilegal. Não permitiremos que empresas ou tecnologia dos EUA se tornem ferramentas de repressão estrangeira em violação à lei dos EUA”, afirmou ele.

No ano passado, as relações entre os EUA e a Arábia Saudita ficaram estremecidas após a morte jornalista saudita Jamal Khashoggi, um dissidente que escrevia para o The Washington Post. Ele foi assassinado e teve o corpo desmembrado dentro da embaixada saudita em Istambul.

Bin Salman admitiu que agentes sauditas participam da ação, mas nega ser mandante do crime, como sugerem alguns veículos de imprensa americano. Ao mesmo tempo em que o príncipe busca modernizar algumas leis do país, o governo local é acusado por organizações internacionais de violar direitos humanos.

O Departamento de Justiça informou que Abouammo foi preso na terça-feira em Seattle, enquanto Alzabarah e Almutairi não foram encontrados. Acredita-se que os dois, para quem foram expedidas ordem de detenção, estão na Arábia Saudita.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fortnite dá desconto por fora, é banido pela Apple e caso vai parar na justiça

A Epic está processando a Apple pela retirada de Fornite da App Store. Após um embate jurídico entre as duas companhias, o jogo foi bloqueado na loja do iOS, criando reação imediata da desenvolvedora. A história, …

Com 1000 anos, maior cidade pré-colombiana da região dos EUA fica sob a cidade St Louis

Por mais que tenhamos sido ensinados que a história do continente americano começa pela chegada por aqui dos navegadores europeus – e o próprio nome de tal território sublinha essa recorrente doutrinação – o fato …

Asteroide Psyche poderia ser núcleo de planeta que não se formou, dizem cientistas

Cientistas examinaram um asteroide que deve ser visitado por uma missão da NASA em 2022, encontrando provas que suas propriedades atraíram sucessão de outros asteroides. Após realizar diversas simulações em 2D e 3D usando um supercomputador, …

Essa “formiga-diabo” pré-histórica ataca sua presa há 99 milhões de anos

Uma linhagem extinta há tempos, nomeada afetuosamente de “formiga do inferno” ou “formiga-diabo”, foi encontrada presa em âmbar há 99 milhões de anos atrás, com sua mandíbula em formato de foice agarrada firme na presa. No …

Mataram um crocodilo de meia tonelada e 4,5 metros depois de 50 anos de perseguição

Notícia triste para quem luta pela preservação do meio ambiente. Conhecido como Demônio, um crocodilo de meia tonelada e 4,5 metros, que segundo moradores aterrorizava vilarejos na ilhas Bangka Belitung (Indonésia), foi morto na semana …

China diz que encontrou traços de coronavírus em frango brasileiro

Carga de asas de frango que chegou a Shenzhen, no sul do país asiático, foi confiscada. Funcionários da alfândega que entraram em contato com alimentos foram testados, mas exames deram negativo. Traços do novo coronavírus foram …

Vacinação em SP começa em janeiro, segundo diretor do Butantan

Com a pandemia, inúmeras empresas estão dedicadas ao desenvolvimento de uma vacina que possa ajudar na luta contra a COVID-19. Nesta quarta-feira (12), o diretor do Instituto Butantan, Dimas Tadeu Covas, afirmou que o estado …

Descoberto "Stonehenge de madeira" de 4.500 anos em Portugal

A estrutura de madeira achada é a "única na pré-história da Península Ibérica", explicou o arqueólogo que lidera as escavações. Durante uma escavação no sítio arqueológico de Perdigões, arqueólogos descobriram uma estrutura para fins cerimoniais de …

Coronavírus reaparece na "protegida" Nova Zelândia e gera alerta

A detecção de quatro casos de transmissão local do novo coronavírus, depois de mais de 100 dias sem o vírus, levou as autoridades da Nova Zelândia a restaurar a quarentena em Auckland, cidade mais populosa …

Viagem aos anos 90: Airbnb abrirá reservas para pernoites na última Blockbuster

Quem viveu o boom das locadoras nos anos 90 sabe que ir até uma Blockbuster ou redes semelhantes de VHS e DVDs era um verdadeiro programa de final de semana: a experiência de assistir a …