TikTok e WeChat estão banidos dos Estados Unidos a partir de 20 de setembro

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos divulgou uma nota comunicando que, a partir de domingo (20), estarão proibidas transações referentes aos aplicativos TikTok e WeChat no país. O comunicado informa que a medida foi tomada para proteger a segurança nacional dos Estados Unidos.

A nota esclarece uma confusão causada pelo presidente norte-americano, que assinou um decreto no dia 6 de agosto proibindo transações com as empresas responsáveis pelos apps, ByteDance e Tencent, respectivamente. O prazo anunciado de 45 dias termina justamente neste domingo (20), mas foi posteriormente prorrogado para 90 dias no caso do TikTok — terminando no dia 12 de novembro.

Uma declaração de Trump na semana passada aumentou a confusão, afirmando que o prazo para o TikTok terminava nesta última terça-feira (15).

Etapas

O novo comunicado enviado pelo Departamento de Comércio esclarece a confusão de datas do presidente, determinando que já neste domingo (20) os aplicativos deverão ser removidos das lojas de aplicativos nos Estados Unidos.

Outro esclarecimento com relação ao decreto original limita o alcance das restrições impostas às empresas responsáveis pelo WeChat e TikTok, especificando as sanções aos apps, sem envolver outros serviços das empresas (o que poderia afetar jogos como PUBG, League of Legends, Clash of Clans, Clash Royale e Fortnite, ligados à Tencent).

Mesmo assim, o fornecimento de serviços para o processamento de pagamentos e transferências de valores pelo WeChat não serão permitidos no país na mesma data.

Além disso a partir do dia 20 (para o WeChat) e 12 de novembro (para o TikTok), pessoas físicas e empresas estarão proibidas de hospedar, distribuir conteúdo, transmitir dados e até mesmo de usar recursos dos aplicativos em outros serviços desenvolvidos ou acessados nos Estados Unidos.

O comunicado deixa em aberto a possibilidade do TikTok resolver as “preocupações de segurança nacional” até o dia 12 de novembro para retirar as restrições, em referência às negociações para transferir a operação do app no país para outra empresa. Atualmente, a Oracle é considerada a favorita para assumir o TikTok nos EUA, em parceria com outros investidores.

Ao que tudo indica, o TikTok terá que ser removido da App Store e Play Store neste domingo para usuários nos Estados Unidos, mas usuários com o app instalado poderão utilizá-lo até o dia 12, caso a rede social chinesa não encontre uma solução que agrade ao governo dos EUA.

TikTok nega acusações

O argumento usado pelo governo norte-americano para encerrar a operação do app no país é que o governo chinês “demonstrou os meios e motivações para usar esses aplicativos para ameaçar a segurança nacional, a política externa e a economia dos EUA”, sem fornecer evidências.

Em nota enviada ao Canaltech, o TikTok negou que forneça dados ao governo chinês:

Esclarecemos que o TikTok nunca compartilhou dados dos usuários com o governo chinês, nem censurou o conteúdo a seu pedido. De fato, disponibilizamos nossas diretrizes de moderação e código fonte do algoritmo em nosso Centro de Transparência, que é um nível de responsabilidade com o qual nenhuma empresa parceira se comprometeu. Até expressamos nossa disposição de buscar uma venda completa dos negócios nos EUA a uma empresa americana.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Sudão bane casamento infantil e mutilação genital feminina, mas prática apresenta desafios

Depois de derrubar o ditador Omar al-Bashir no ano passado, o Sudão deu importante passo para reverter alguns dos tantos horrores cometidos contra a população feminina no país – e tornou ilegal tanto o casamento …

Namíbia elege deputado chamado Adolf Hitler

O nome de um recém-eleito político da Namíbia, vem chamando atenção na mídia nacionais e internacionais. "Adolf Hitler teve uma vitória esmagadora nas eleições regionais na Namíbia", relatou o portal de notícias alemão Spiegel Online nesta …

Astrônomos mapeiam 1 milhão de galáxias previamente desconhecidas

Cerca de um milhão de galáxias previamente desconhecidas para além da Via Láctea foram adicionadas a um mapa detalhado de seção de espaço. Pesquisas sobre o espaço normalmente demoram anos para serem completas, mas um novo …

Brasil recebe vacina de Oxford em janeiro, promete Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que o primeiro lote das vacinas de Oxford chega ao Brasil em janeiro. Serão 15 milhões de doses entre janeiro e fevereiro, totalizando 260 milhões ao longo do …

Cingapura é primeiro país a aprovar venda de carne de laboratório

Empresa californiana obteve autorização da cidade-Estado para usar sua carne de frango produzida a partir de cultura celular em chicken nuggets e garante que preço será competitivo. Cingapura é o primeiro país do mundo a aprovar …

Relatório da ONU aponta que 2020 deve ser um dos 3 anos mais quentes já registrados

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) publicou um relatório que aponta que o ano de 2020 deve ser um dos três anos mais quentes desde o início dos registros de temperatura. O secretário-geral da OMM, Petteri Taalas, …

Documentos oficiais mostram que a China escondeu informações sobre a Covid-19

Relatórios oficiais chineses teriam sido transmitidos à rede de TV americana CNN por meio de um informador anônimo. A investigação se chama “Wuhan files” e tem como foco o começo da pandemia de Covid-19, em …

Jovem que filmou morte de George Floyd por policiais brancos ganha prêmio por bravura

A mulher que filmou o assasinato de George Floyd pelo policial Derek Chauvin vai ser condecorada com um prêmio por sua coragem. Darnella Frazier, de 17 anos, fez o registro enquanto ia com o primo …

Remédio experimental reverteu o declínio mental da idade avançada em dias

Apenas algumas doses de um medicamento experimental podem reverter o declínio relacionados à idade na memória e flexibilidade mental em ratos, de acordo com um novo estudo realizado por cientistas da UC San Francisco. A droga, …

Bebê nasce de embrião congelado há 27 anos: quase a idade da mãe

A pequena Molly Everette Gibson, de um mês, estabeleceu um novo recorde no mundo. A garotinha, filha de Tina e Ben Gibson, nasceu de um embrião que foi congelado há 27 anos e gerado por …