Trump – o homem que odeia fake news – é acusado de conspirar com a Fox para falsificar notícias

Um ex-detetive e ex-consultor da Fox News acusou Donald Trump de conspirar com o canal para falsificar notícias sobre a morte de Seth Rich, o democrata que, supostamente, teria divulgado documentos secretos à Wikileaks.

A cadeia televisiva conservadora Fox News, que apoia Donald Trump, foi processada por um dos seus consultores, que a acusa de ter publicado, de propósito, informações falsas desfavoráveis aos democratas, a pedido do presidente norte americano.

Rod Wheeler, consultor sobre questões de segurança, polícia e justiça, acusa a Fox News de ter montado uma história em torno do caso de Seth Rich, de 27 anos, funcionário do comitê nacional do Partido Democrata, que foi assassinado com um tiro nas costas, durante a madrugada de 10 de julho de 2016, perto da sua casa, em Washington.

A história podia acabar aqui, se o assassinato do jovem democrata de Omaha, no Nebraska, não tivesse acontecido no mesmo dia em que a Wikileaks decidiu “vazar” milhares de e-mails dos mais elevados cargos do Partido Democrata norte-americano, entre eles John Podesta, o gestor da campanha de Hillary Clinton.

O inquérito oficial tinha concluído a ocorrência de um assalto à mão armada que deu errado, mas, desde a sua morte, vários meios de comunicação conservadores especulavam com a possibilidade de se ter tratado de um assassinato político.

Segundo a teoria, não comprovada por qualquer prova formal, teria sido Seth Rich que enviou à Wikileaks, a plataforma de publicação de documentos secretos, mensagens de correio eletrônico internas do Partido Democrata, antes de ser descoberto e assassinado.

De acordo com a NPR, rádio norte-americana que teve acesso ao processo judicial em que o ex-detetive acusa a Fox News, a cadeia televisiva e o milionário Ed Butowsky, com o apoio da Casa Branca, de terem sido eles a “cozinhar” a história.

Por isso, diziam eles, os democratas tentariam abafar o caso, obstruindo a investigação da polícia, o que acabava retirando força à narrativa de que teriam sido russos a enviar os e-mails para a Wikileaks.

“Publicar imediatamente”

O ex-detetive teria sido contatado por Ed Butowsky para investigar o caso, com o milionário assumindo a investigação, argumentando que o fazia em nome dos pais da vítima. Durante a investigação e a criação da história, os dois tiveram uma reunião – confirmada pelo próprio – com Sean Spicer, então porta-voz da Casa Branca, para discutir o caso.

Em mensagens de texto e de voz deixadas pelo investidor pouco antes de a peça ser publicada, que constam no processo a que a AFP teve acesso, Ed Butowski teria pressionado o ex-detetive a avançar com a história, argumentando que o presidente Trump já teria lido o artigo e queria vê-lo “imediatamente publicado”.

Em meados de maio, a Fox News divulgou na internet o artigo que corroborava a tese, integrando citações de Rod Wheeler, que afirmava que Seth Rich tinha transmitido mensagens de correio eletrônico à Wikileaks e que um alto dirigente procurava bloquear o inquérito sobre o caso.

Rod Wheeler, ex-detetive e ex-consultor da Fox News para questões de segurança, polícia e justiça

No entanto, segundo o próprio Rod Wheeler, que colocou a ação no tribunal federal de Manhattan, as citações, que constituem a única fonte do artigo, são inventadas. Ele afirmou também que nunca as proferiu, segundo a documentação da queixa consultada pela AFP.

Dias depois de ter publicado o artigo, a Fox News o retirou do ar, explicando que não o tinha submetido a um “exame editorial mais exigente” e não respeitava os “padrões” da cadeia em matéria de informação.

A família Rich, a polícia de Washington DC, o Partido Democrata e até alguns jornalistas da estação colocaram toda a narrativa em causa. A peça, que citava um agente do FBI não identificado, argumentava que os e-mails teriam sido entregues à Wikileaks por democratas, que estariam envolvidos na morte de Seth Rich e que eles tentavam obstruir a investigação das autoridades.

A maior parte da história era baseada na investigação de Rod Wheeler, mas o ex-detetive disputa parte do que é dito e admite que se arrependeu da peça assim que ela foi para o ar.

Segundo Rod Wheeler, a jornalista da Fox News autora do artigo, Malia Zimmerman, teria trabalhado em colaboração com Ed Butowsky, também visado na queixa.

O responsável da Fox News pelo dossiê da informação, Jay Wallace, qualificou na terça-feira (1º) as acusações como “completamente falsas“, conforme uma declaração escrita transmitida à agência de notícias AFP.

O artigo em causa é objeto de um inquérito interno, disse Wallace, que acrescentou: “Não temos qualquer prova de que Rod Wheeler tenha sido citado de maneira errada” pela autora do artigo.

O advogado do ex-detetive e comentarista da Fox News diz, segundo o Observador que cita a NPR, que Rod Wheeler foi “usado como um peão por Ed Butowsky, pela Fox News e pela administração Trump para tentar desviar as atenções que estavam centradas no roubo dos e-mails do Comitê Nacional Democrata pelos russos”.

Ed Butowski, o milionário que teria tentado dar gás à história, refuta as acusações, alegando que o encontro com Sean Spicer aconteceu porque Rod Wheeler queria desesperadamente um trabalho na Casa Branca.

Sean Spicer diz que nunca se falou em qualquer cargo na reunião que tiveram – e que os comentários sobre Trump saber da história eram apenas brincadeiras entre amigos. Spicer disse também que não tinha conhecimento de que Trump estivesse a par da investigação.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Mensagem misteriosa pintada em urso polar na Rússia alarma pesquisadores

Imagens compartilhadas por perfis russos nas redes sociais com um urso polar pintado em spray com o símbolo "T-34" ter alarmado especialistas. Eles advertem que a pintura — cujas circunstâncias ainda não foram identificadas — pode …

Experimento deve provar que microgravidade inibe crescimento de tumores

De onde estiver, Stephen Hawking segue presente na ciência, e seus últimos conselhos devem render uma descoberta para lá de impressionante (e revolucionária). Em conversa com um pesquisador da Austrália, o gênio da física falou sobre …

Justiça absolve Lula e Dilma no caso "quadrilhão do PT"

Juiz que analisou caso afirma que denúncia apresentada por Rodrigo Janot contra cúpula do PT em 2017 foi tentativa de "criminalizar a atividade política". Ministério Público pediu absolvição dos réus em outubro. A Justiça Federal do …

Chineses ativam o primeiro radiotelescópio posicionado no lado afastado da Lua

Um experimento que levou mais de um ano para ser concluído no lado afastado da Lua finalmente está em funcionamento. Não está ainda 100%, mas o Netherlands-China Low-Frequency Explorer (NCLE) já consegue captar sinais de …

"Vão ter que mudar", diz Greta sobre Bolsonaro e Trump em retorno à Europa

A ativista chegou em Lisboa na tarde desta terça-feira (3), 21 dias depois de sair dos EUA a bordo de um veleiro. A jovem sueca retorna à Europa para participar da COP 25, a conferência …

Museu decide comprar apenas obras de mulheres por um ano por reparação histórica

Para se transformar a velha normalidade repleta de preconceitos, violências e desigualdades embutidas é preciso atitudes efetivas e concretamente transformadoras. Da mesma forma que a dívida histórica racial deve ser reparada não somente no discurso, mas …

Black Friday no Brasil superou a dos EUA nos apps de compras, segundo estudo

Neste ano, a Black Friday fez a sua marca entre as compras dos brasileiros. O próprio Canaltech fez uma cobertura muito especial em torno da Black Friday deste ano.Importada dos EUA, a tradição está mesmo …

Para acalmar a crise, presidente chileno propõe ajuda de R$ 520 para 1 milhão de famílias

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, propôs nesta terça-feira (3) a criação de um bônus de 100.000 pesos chilenos (cerca de R$ 520), que serão distribuídos para 1,3 milhão de famílias. O objetivo da medida, …

Anvisa dá aval à venda de maconha medicinal em farmácias

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta terça-feira (03/12) um novo marco regulatório para o registro e venda de produtos à base de cannabis em farmácias no país, tornando o Brasil a nação …

Visitante interestelar pode 'morrer' ao se aproximar do Sol

Um visitante interestelar, observado em nosso Sistema Solar, pode estar próximo de "morrer", isso porque, o 2I/Borisov provavelmente será desintegrado ao se aproximar do Sol. Os cientistas acompanham cada movimento do cometa, que está se aproximando …