Cientistas descobrem uma nova partícula subatômica no LHC

azure_radiation / Flickr

Detalhe do LHC, Large Hadron Collider, acelerador de partículas do CERN

Detalhe do LHC, Large Hadron Collider, acelerador de partículas do CERN

O CERN anunciou a primeira observação no Grande Colisor de Hádrons, LHC, o maior acelerador de partículas do mundo, de uma partícula subatômica com dois quarks pesados, um fenômeno da física cuja existência foi teorizada nos anos 1960, mas que, até hoje, não tinha sido confirmado.

A nova partícula subatômica tem uma massa quatro vezes superior ao bárion mais comum, o próton, anunciou nesta quinta-feira a Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear, CERN, em uma conferência em Veneza, na Itália, segundo um comunicado divulgado em Genebra, na Suíça.

Esta descoberta acontece dentro do experimento LHCb do LHC, que busca entender porque na evolução do universo, quando havia quantidades iguais de matéria e antimatéria, a primeira prevaleceu sobre a segunda.

Quase toda a matéria que nos cerca é formada por bárions, partículas subatômicas compostas por três partículas elementares com carga elétrica fracionada chamadas de quarks, que são os elementos fundamentais de prótons e nêutrons.

Levando em consideração que a teoria científica conhece a existência de seis tipos de quarks (up, down, charm, strange, top e bottom), os investigadores especularam durante anos sobre as combinações potenciais de bárions que podem existir no Universo.

Os bárions observados até hoje apenas continham, no máximo, um quark pesado. No entanto, os físicos observaram agora, sem ambiguidades, um bárion com dois “charm” quarks, que possui uma carga elétrica fracionária com uma massa um pouco mais elevada que um próton, e um “up” quark, que é mais leve.

Com a medição das propriedades da nova partícula subatômica, os cientistas do CERN poderão estabelecer o período de vida da mesma e como se comportam dois quarks pesados e um mais leve, explicou à Agência Efe Samuel Coquereau, pesquisador da Universidade de Barcelona que participa do LHCb.

“Conseguimos encontrá-la após muito tempo de buscas. Agora temos que estudá-la”, acrescentou o especialista.

“Ao contrário dos outros bárions, nos quais três quarks giram um ao redor do outro como se estivessem dançado, esperamos que o bárion com dois quarks pesados se comporte como um sistema planetário, nos quais os quarks pesados desempenham o papel das estrelas que orbitam uma ao redor da outra, com um quark mais leve orbitando ao redor deste sistema”, explicou o especialista do CERN, Guy Wilkinson em um comunicado

A descoberta relança as expectativas de detectar outros representantes da família dos bárions com dois quarks pesados.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Astrônomos encontram "embrião" de planeta em formação a 330 anos-luz da Terra

Uma equipe de astrônomos encontrou algo que parece ser um planeta embrionário, girando em torno de sua estrela, bem pertinho dela, completando uma volta a cada mês. A estrela em questão é a HD 163296, que …

Físico propõe mega-satélite povoado por humanos orbitando Ceres

O físico Pekka Janhunen, do Instituto Meteorológico Finlandês, desenvolveu uma nova ideia para colonizar um lugar diferente da Terra, e não é a lua ou Marte. Em vez disso, Janhunen está sugerindo em um artigo publicado …

Biden promete "esforço de guerra" contra covid-19

O novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, divulgou nesta quinta-feira (21/01) o plano de resposta de seu governo à pandemia de covid-19, que inclui dez decretos. A estratégia amplia iniciativas que já haviam sido antecipadas …

'Não teremos escolha': Google adverte que pode bloquear seu mecanismo de busca na Austrália

Governo australiano trabalha em uma nova lei que deve governar as relações entre os meios de comunicação e as gigantes que dominam a Internet, entre as quais se destacam Google e Facebook. O Google anunciou nesta …

UE restringe viagens não essenciais, mas mantêm fronteiras internas abertas

Diante da inquietante propagação das variantes do coronavírus e a explosão de novos casos de contaminação no continente, líderes europeus, reunidos por videoconferência nesta quinta-feira, decidiram restringir as viagens não essenciais para os países …

‘Bridgerton’ abre debate sobre avó negra de rainha Elizabeth que Windsor prefere esconder

Disponível desde dezembro de 2020, a série Bridgerton, da Netflix, apresentou uma intérprete negra para viver a rainha Charlotte (1744 – 1818), a avó da rainha Elizabeth (1900 – 2002). Apesar da falta de consenso geral …

"Raios" azuis misteriosos podem ser mais comuns do que os cientistas pensavam

Entre os vários fenômenos climáticos que existem, os raios continuam enigmáticos para nós: embora tempestades não sejam tão raras, ainda não entendemos completamente as descargas elétricas geradas no céu — muito menos aquelas apelidadas de …

Dono de cachorro machucado gasta R$ 2.200 para descobrir que o bicho estava imitando o dono por solidariedade

De vez em quando, nossos amados animais de estimação provam ser ainda mais doces e solidários do que muitas pessoas. Conheça Bill — um lurcher de Londres que está imitando a mancada de seu dono …

Minas Gerais é uma das 10 regiões mais acolhedoras do mundo: ranking

Minas Gerais está entre as 10 regiões mais acolhedoras do mundo. É que diz a eleição do Traveller Review Awards 2021, que incluiu pela primeira vez uma localidade brasileira no ranking internacional divulgado todo ano. Minas …

Manaus suspende campanha de vacinação contra covid-19

Segundo prefeitura, medida visa redefinir a prioridade dentro de grupo que deve receber primeiras doses. Paralisação temporária ocorre em meio a suspeitas de desvios do imunizante para parentes de empresários. A vacinação contra a covid-19 foi …