Coreia do Sul cria faixa de pedestres de alta tecnologia contra “zumbis de smartphones”

A Coreia do Sul tem um problema de “smumbie”, como são apelidados os “zumbis smartphones”, que andam sem olhar para frente, de olhos colados às telas, causando incontáveis acidentes de trânsito.

Para resolver o problema, os pesquisadores sul-coreanos testam uma solução surpreendente: uma passagem para pedestres completamente conectada ao aplicativo Watch Out, desenvolvido especialmente para avisar os “zumbis” que o sinal está fechado para eles.

A experiência acontece em Ilsan, nos subúrbios de Seul, na Coreia do Sul. É uma faixa de pedestres, coberta por sensores e câmeras de imagem térmica. Quando alguém atravessa, ele é detectado, o que aciona todo um sistema de alerta, destinado a motoristas e pedestres.

Luzes LED vermelhas e azuis começam a piscar, um feixe de laser grava uma mensagem no chão, e, sobretudo, um alerta aparece na tela do telefone do pedestre, pedindo-lhe para olhar para cima e perceber a chegada de um carro. Para utilizar o serviço, o pedestre deve primeiro baixar o aplicativo em seu smartphone.

O sistema foi inventado por um instituto público de pesquisa em engenharia civil. “Um número crescente de acidentes causados ​​por ‘smumbies’ ocorrem em faixas de pedestres, e estas luzes são cruciais para evitá-los“, diz Kim Jong-hoon, um dos pesquisadores.

A Coreia do Sul tem a maior taxa de penetração de smartpones no mundo: 94% da população adulta possui um aparelho. E, embora não esteja necessariamente ligado ao fenômeno dos “smumbies”, o país também passa por um problema de segurança no trânsito, com um grande número de acidentes.

Em 2017, 1.600 pedestres foram mortos na estrada e 272 acidentes foram relacionados a usuários de smartphones, de acordo com a emissora de televisão Canal A.

A passagem para pedestres conectada não é a primeira tentativa das autoridades coreanas para resolver o problema: a cidade de Daegu instalou semáforos no chão, embutidos na calçada, de modo que os usuários de smartphones possam saber quando atravessar a rua, sem levantar a cabeça! Em Seul, vários painéis colocados no chão também imploram cautela aos muitos “smumbies”.

A famosa travessia de pedestres conectada em Ilsan não agrada a todos. Mesmo que os comentários online sejam bastante positivos, vários usuários apontam seu preço alto: €12.000 (R$54.200) por cruzamento!

Alguns temem que este tipo de iniciativa desresponsabilize ainda mais os usuários de smartphones, o que pode aumentar o risco de acidentes. Eles apontam que as atividades de prevenção podem ser mais efetivas a longo prazo. Mas os pesquisadores que desenvolveram o sistema estão otimistas e esperam que sua solução seja instalada em breve em todas as cidades da Coreia do Sul.

// RFI BR

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Príncipe Andrew vira centro de escândalo sexual

O príncipe Andrew do Reino Unido comunicou nesta quarta-feira (20/11) que decidiu se afastar da vida pública após o agravamento da controvérsia em torno de seu envolvimento com o milionário americano Jeffrey Epstein, acusado de …

Brasil é o maior hub de fintech da América Latina

O Brasil é o maior país da América Latina — tanto em massa quanto em população — e ocupa uma posição influente no cenário global. Depois dos Estados Unidos, o Brasil lidera a lista do …

Entomólogo dos EUA acredita ter identificado fósseis de insetos em Marte

O entomólogo William Romoser, professor emérito da Universidade de Ohio (EUA), analisou fotos captadas por rovers da NASA em Marte e afirma ter achado nelas fósseis de insetos. Romoser analisou detalhadamente estruturas parecidas a abelhas, bem …

China se irrita com decisão americana sobre Hong Kong e convoca diplomata

Pequim convocou nesta quarta-feira (20) um diplomata do alto escalão dos Estados Unidos após a adoção na terça-feira (19), pelo Senado americano, de um texto que apoia os "direitos humanos e democracia" em Hong Kong. Os …

Porteiro que citou Bolsonaro no caso Marielle recua em novo depoimento

O porteiro que citou o presidente Jair Bolsonaro nas investigações sobre a morte da vereadora Marielle Franco e do motorista, Anderson Gomes, depôs nesta terça-feira (19/11) à Polícia Federal e recuou da versão que havia …

Anistia Internacional denuncia mais de 100 mortes em protestos no Irã

ONG relata uso de munição real contra manifestantes e diz que total de mortos pode ser ainda maior. Presidente e líder supremo dizem que país teve êxito ao lidar com distúrbios provocados por inimigos externos. A …

Áustria decide sobre polêmica do destino da casa onde nasceu Hitler

Por enquanto, parece ter se encerrado a polêmica sobre qual destino dar à residência onde nasceu Adolf Hitler. O edifício, que fica na Áustria, se tornará uma delegacia de polícia, segundo anunciou o governo austríaco …

Satélites Starlink já estão atrapalhando observações astronômicas

Em maio, Elon Musk garantiu que seus satélites Starlink não causariam impactos nas observações astronômicas — declaração dada pelo Twitter logo após o lançamento dos primeiros 60 satélites do projeto que visa pelo menos 12 …

As celebridades no esporte que adoram poker - 7 esportistas que jogam poker por lazer!

O poker está cada dia mais alcançando um status como esporte e poderá até mesmo se tornar um esporte olímpico. Desde 2009, o poker é considerado mundialmente como um esporte da mente pela International Mind Sports …

Tiro de PM causou morte da menina Ágatha no Rio, aponta inquérito

A Polícia Civil do Rio de Janeiro afirmou nesta terça-feira (19/11) que um cabo da Polícia Militar foi indiciado por homicídio doloso (quando há intenção de matar) pela morte de Ágatha Vitória Sales Félix, de …