Os dias estão mais longos por causa do degelo dos polos

(cv) NASA Goddard / YouTube

Um estudo exaustivo sobre os dados do nível do mar de 1958 a 2014 revela, entre outras coisas, que os dias se tornaram maiores na Terra como resultado da fusão do gelo.

O pesquisador da Universidade de Tecnologia de Delft, Thomas Frederikse, estabeleceu que o aumento médio nos níveis do mar em todo o mundo tem acelerado. E não é só isso. O estudo também indica que os dias na Terra se tornaram maiores (com cerca de mais 0,2 milissegundos nos últimos 25 anos) como resultado da fusão do gelo da terra.

A fusão causa o desaparecimento da massa em forma de gelo, principalmente na Groenlândia e Antártida, que se move na direção do equador como água líquida.

Isso produz ligeiras alterações na distribuição da massa da Terra: “Assim como um patinador artístico que estica os braços durante uma pirueta, isto faz com que a Terra gire um pouco mais lentamente. Por isso, os dias duram mais agora”, explica o cientista.

Por outro lado, o aumento dos níveis do mar não é o mesmo em todo o mundo. Há diferenças regionais significativas. Frederikse levou a cabo um estudo exaustivo sobre os dados de 1958 a 2014.

“Todos os fatores têm um papel importante, como por exemplo, o derretimento do gelo terrestre, a expansão da água do mar causada pelo aumento das temperaturas, mas também o uso de águas subterrâneas e o armazenamento de grandes quantidades de água doce em depósitos interiores”, aponta Frederikse.

O autor do estudo, que ainda não foi publicado em uma revista científica ou revisto por pares, aponta outro fator conhecido como ajuste isostático glacial (GIA), ou seja, o “salto” da Terra depois das idades do gelo.

“Devido a todos esses fatores, não há apenas um lugar na Terra onde o nível do mar coincida exatamente com a média global. Para compreender os padrões regionais e poder desenvolver os cenários regionais futuros é necessária uma boa compreensão dos processos subjacentes relevantes e os padrões regionais associados”, afirmou o cientista.

Frederikse refere a importância dos satélites para o campo de estudo: “Agora é possível estimar com precisão as mudanças locais e globais nos níveis do mar com a ajuda de satélites. Antes, tínhamos apenas medições locais do nível do mar num número limitado de lugares à nossa disposição”.

O pesquisador continua: “O aumento do nível do mar foi estudado em duas regiões costeiras em escala mundial. Os processos físicos que tivemos em conta foram a perda de massa nos glaciares e as camadas de gelo, o esgotamento dos depósitos de água subterrânea, a retenção de água por presas, o GIA, as mudanças no volume específico de água de mar, efeitos de vento local e as mudanças na pressão do ar”.

Assim, os cientistas puderam desvendar e modelar com precisão todas as diferentes influências sobre o Mar do Norte, por exemplo.

No período entre 1958 e 2014, o aumento nos níveis do mar foi “apenas” de cerca de oito centímetros. Isso é comparável ao aumento mundial médio no mesmo período, que é aproximadamente de 1,5 milímetros por ano, mas as causas aqui subjacentes são diferentes, explica o cientista.

“O derretimento dos glaciares e da Groenlândia quase não tem efeito aqui. No entanto, quando se trata da Antártida, recebemos a explosão completa. Isso é uma boa notícia para nós por que a camada de gelo na Antártida poderia perder muita massa em um mundo mais quente no futuro”.

Com a ajuda de satélites, neste momento é possível explicar os aumentos do nível do mar em quase todos os oceanos. Ainda que a questão seja complexa, agora compreendemos bem a maioria dos fatores em jogo.

Como resultado, os modelos e as previsões são melhores, o que é bom. A imagem emergente é o aumento do nível do mar e uma aceleração significativa neste processo com consideráveis diferenças regionais. Isto não é apenas modelado, as medições demonstram que esse cenário já está acontecendo. “Essa é a má notícia”, conclui Fredrikse.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

NASA detecta 150 objetos voadores não identificados orbitando a Terra

Para além de qualquer especulação vaga ou teoria da conspiração, os famosos Objetos Voadores Não-Identificados – mais conhecidos como OVNIs – são uma realidade, cada vez mais documentada e tornada publica por agências espaciais como …

Reino Unido aprova vacina da Pfizer para uso já na semana que vem

O governo do Reino Unido anunciou nesta quarta-feira (02/11) a aprovação da vacina para covid-19 produzida em parceria pela Pfizer e pela Biontech e adiantou que ela estará disponível já na próxima semana. O governo comunicou …

Com 14 prêmios no Oscar do turismo, Portugal tenta se reinventar na pandemia de COVID-19

Portugal conquistou 14 prêmios no World Travel Awards 2020, considerado o Oscar do turismo mundial, na noite de sexta-feira (27). Lisboa, Madeira e Algarve foram os destaques como melhores destinos do mundo na premiação, feita …

Um traumatizado veterano SEAL da Marinha dos EUA disse que uma viagem "mágica" de cogumelo pôs fim à sua depressão

Antes de sua primeira viagem guiada de cogumelos “mágicos”, Chad Kuske era prisioneiro de sua própria raiva no trânsito. Se um carro parasse na frente dele, ele ficava consumido pela raiva, ultrapassando todos os veículos em …

Esta espécie rara de uva é maior que um ovo de galinha

Não, as fotos de uvas gigantes (do tamanho de ovos de galinha) não são falsas. Se você passa um tempo considerável na internet, deve ter visto imagens dessas frutas atípicas por aqui. Para a surpresa …

Reino Unido anuncia novas restrições após fim do lockdown para tentar conter segunda onda de covid-19

O Reino Unido sai na próxima semana de um novo lockdown, mas, diante do aumento de casos de covid-19 no país, não entra em um período de flexibilização das medidas de distanciamento social. Nesta quinta-feira (26/11), …

Neandertais podem ter usado as mãos de maneira diferente à dos humanos modernos

Os neandertais podem ter feito um uso diferente das mãos em comparação à forma como os humanos modernos as usam, para eles seria difícil repetir muitos gestos normais para nós hoje em dia. Os dedos do …

Catarro? Som da tosse? Conheça métodos alternativos para detectar a covid-19

Desde o início da pandemia, a realização de testes para detectar a covid-19 fez-se extremamente necessária. No entanto, com o passar dos meses, instituições e empresas privadas ao redor do mundo deram início ao desenvolvimento …

Ativistas preparam protesto global contra a Amazon

Um grupo internacional de ativistas climáticos, aliados a trabalhadores de armazéns da Amazon, lançou uma campanha online global, cujo objetivo é pressionar a gigante do e-commerce a oferecer melhores condições de trabalho para seus funcionários …

Pesquisadores descobrem em cometa elemento essencial para vida na Terra

A descoberta indica que os elementos imprescindíveis para o surgimento da vida podem ter chegado à Terra por meio de cometas. Pesquisadores identificaram fósforo e flúor em partículas de poeira sólida coletadas no interior do cometa …