Mayon tem duas novas erupções e 60 mil são obrigados a se retirar da zona do vulcão

C.G. Newhall / Wikimedia

Vulcão Mayon, nas Filipinas

Nesta quarta-feira (24), o vulcão Mayon, nas Filipinas, expeliu lava e cinzas em duas novas erupções. O número de pessoas retiradas da zona do vulcão já superou as 60 mil, frente à ameaça de uma explosão mais potente.

O Mayon amanheceu nesta quarta com uma primeira erupção às 6h02 locais (20h02 em Brasília), que provocou rios de lava abundantes e uma coluna de gases e cinzas de três quilômetros de altura.

Quatro horas depois, seguiu-se uma segunda erupção de magnitude semelhante, acompanhada de fortes estrondos, disse à EFE Winchelle Sevilla, da agência vulcanológica das Filipinas, que advertiu para o risco de erupções mais potentes nos próximos dias.

O vulcão mais ativo das Filipinas está em atividade há dez dias, mas as explosões têm sido mais frequentes desde o início desta semana.

As autoridades já aumentaram o nível de alerta de 3 para 4 (em uma escala que vai até 5), por considerarem possível uma erupção perigosa nas próximas horas ou dias. A zona de exclusão foi também ampliada a um raio de oito quilômetros em volta da cratera.

Segundo a agência vulcanológica, os rios de lava expelidos desde a cratera superam três quilômetros de longitude e o fluxo piroclástico, fragmentos de materiais heterogêneos arrastados, alcança cinco quilômetros de distância.

No total, 60.821 pessoas de 16.326 famílias que residiam na zona de perigo foram retiradas e a maioria se encontra em cerca de 30 abrigos da região, segundo dados do gabinete de proteção civil da província de Albay. “Temos pedido às pessoas que não regressem à zona de perigo sob nenhum pretexto”, disse um responsável.

O recente despertar do Mayon causou medo de que se repita a trágica explosão do vulcão Pinatubo, a noroeste de Manila, em 1991, a segunda maior do século passado e que causou cerca de 850 mortos e mais de 1,3 milhões de desabrigados. Nos últimos 30 anos, o Mayon entrou em erupção outras cinco vezes.

No entanto, especialistas da agência filipina já acalmaram os cidadãos, afastando a possibilidade de o Mayon ter uma erupção tão potente como a do Pinatubo.

Com 23 vulcões ativos, o arquipélago filipino assenta sobre uma zona de intensa atividade sísmica e vulcânica conhecida como o chamado “Anel de Fogo do Pacífico“, que se estende da costa oeste do continente americano até a Nova Zelândia, passando pelo Japão e pela Indonésia, entre outros países.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e aposentar as baterias no futuro

O mundo já conhece os benefícios da tecnologia 5G como a alta velocidade na transmissão de dados e baixa latência. Agora, os cientistas do Instituto de Tecnologia da Geórgia, nos EUA, descobriram que essas redes …

Covid: como evitar a trágica marca de 5 mil mortes por dia no Brasil?

No dia 19 de maio de 2020, o Brasil atingiu pela primeira vez a marca das mil mortes diárias por covid-19. Esse número permaneceu relativamente estável, em um patamar considerado alto, durante todo o segundo semestre …

Físicos afirmam que o universo é um computador de aprendizado de máquina

Físicos teóricos que trabalham com a Microsoft lançaram um artigo na sexta-feira afirmando que o universo é essencialmente um computador de aprendizagem de máquina (machine learning, em inglês). Os pesquisadores, vários afiliados à Microsoft, pré-publicaram um …

Mundo ainda tem países sem uma única dose de vacina

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 600 milhões de doses de vacina contra a covid-19 já foram aplicadas em todo o mundo. Mas a discrepância entre países é alta: enquanto, …

Covid: site calcula quando você será vacinado. Resultados não animam

Um grupo de voluntários chamado CoronavirusBra desenvolveu uma plataforma para calcular quando você será vacinado contra a covid-19. O ‘Quando vou ser vacinado?’ utiliza dados públicos como a média de imunizados com o número de pessoas …

Rússia inicia desenvolvimento de mais uma vacina contra COVID-19

Sendo o primeiro país a registrar uma vacina contra a COVID-19, a Rússia anunciou o início do desenvolvimento de mais uma vacina contra o coronavírus. A criação do novo medicamento estará a cargo do Instituto Smorodintsev …

Especialista chinês: ascensão da China faz EUA entrarem em pânico e ficarem nervosos

O desenvolvimento econômico e a ascensão do país asiático fazem os EUA ficarem nervosos e entrarem em pânico, mas este medo se origina em seus preconceitos, disse em entrevista à Sputnik um especialista chinês. Li Junru, …

Interação de múons, a nova força da natureza que cientistas acreditam ter descoberto

Desde colar um ímã na porta de uma geladeira até jogar uma bola em uma cesta de basquete, as forças da física funcionam em todos os momentos de nossas vidas. Todas as forças que experimentamos todos …

Receita afirma que "só rico lê" e reforça preconceito de classe brasileiro

A Receita Federal deseja manter o projeto que cobra impostos sobre livros. Através da mesclagem entre PIS e Cofins, a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços), uma espécie de imposto sobre valor agregado, o …

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Corte de direitos humanos diz que medida pode ser necessária em sociedades democráticas e abre precedente no combate à covid-19. Tribunal julgava ação de famílias tchecas que se recusaram a vacinar os filhos. O Tribunal Europeu …