Página falsa no Facebook arrecada doações usando campanha de Trump como chamariz

Kevin Lamarque / Reuters

Donald Trump

O Facebook falhou e permitiu que uma página falsa angariasse donativos como se fossem para a campanha presidencial de Donald Trump visando as eleições de 2020.  Por meio de anúncios, os usuários eram direcionados a um portal de doações online, que dizia que as quantias iriam para o comitê do atual mandatário da terra do Tio Sam. O que, claro, era mentira.

A campanha de Trump disse à CNN, na quarta-feira (29), que a página chamada “DonaldTrumpCampaign” não era afiliada à campanha real e a chamava de “farsa”.

Depois que a CNN entrou em contato com o Facebook para comentar, a empresa removeu a página, dizendo que violava as regras da plataforma sobre representação. As permissões da página para exibir anúncios políticos foram “aplicadas erroneamente“, disse.

O Facebook tem adotado uma estratégia especial para examinar as pessoas que executam anúncios políticos em sua plataforma e garantir que elas estejam no país onde estão anunciando. Nos EUA, essas etapas incluem fornecer à rede social uma cópia de uma identificação emitida pelo governo e um endereço no país. No caso desta página falsa, o endereço dos EUA listado no Facebook pertencia a um supermercado em Los Angeles. Os funcionários que atenderam o telefone disseram não conhecer a página.

Embora o número de telefone listado pelo Facebook como pertencente ao anunciante parecesse um número da Califórnia, quando a CNN ligou para o número, ele foi redirecionado para um serviço de telefone on-line, o que significa que poderia ser operado de qualquer lugar do mundo.

“Esta página viola nossas políticas e não é permitida no Facebook. Removemos a página e sua autorização de anúncio político, que foi aplicada por engano”, disse um porta-voz do Facebook, também à CNN. O PayPal, que estava sendo usado para coletar o dinheiro dado ao site, encerrou a conta logo após ser contatado pela CNN para comentar.

A página gastou cerca de US$ 100 em anúncios no Facebook, que foram vistos mais de mil vezes, de acordo com dados da empresa.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fumar aumenta o risco de depressão e esquizofrenia?

De acordo com um novo estudo da Universidade de Bristol (Reino Unido), fumar pode aumentar o seu risco de desenvolver depressão ou esquizofrenia. Os pesquisadores queriam estudar a relação conhecida entre tabagismo e doenças mentais. Muitas …

Prisões não vão abrir as portas após decisão do STF, dizem especialistas

Segundo especialistas ouvidos pela Sputnik Brasil, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o momento da execução da pena não vai fazer com que as "portas dos presídios sejam abertas para criminosos perigosos". Na quinta-feira …

EUA acusam China de exportar drones autônomos letais para o Oriente Médio

O exército hi-tech de autômatos letais, antes uma visão do futuro, já é uma realidade e está em pleno curso, inclusive com comércio dessa nova tecnologia em andamento. Isso é o que diz o secretário de …

Um simples exame de sangue já pode prever câncer de mama 5 anos antes de se manifestar

O câncer de mama é o segundo mais comum no mundo, e também o que mais mata mulheres. No entanto, o grande paradoxo é que, enquanto a doença é a responsável por uma das principais …

Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia

Após convocar novas eleições, líder esquerdista cede à pressão das Forças Armadas e da polícia, entregando o cargo "para que meus irmãos não sejam ameaçados". Vice e outras autoridades também se demitem. O presidente da Bolívia, …

Pesquisadores descobrem a primeira nova cepa de HIV em quase duas décadas

Um estudo dos Laboratórios Abbott e da Universidade do Missouri (EUA) detectou a primeira nova cepa de HIV em 19 anos, desde que as diretrizes para classificação de subtipos foram estabelecidas em 2000. A cepa faz …

Google, Facebook e Microsoft propõem que Pentágono controle inteligência artificial

Microsoft, Google e Facebook estão pedindo para que Washington assuma controle sobre o desenvolvimento da inteligência artificial. Dois gigantes do Vale do Silício do GAFAM, Google e Facebook, juntos com a Microsoft, exortam, através de seu …

Georg Elser, o lobo solitário que quase matou Hitler

Em 8 de novembro de 1939, um carpinteiro alemão por pouco não mudou o rumo da história. Mas ditador nazista escapou do atentado preparado por ele em Munique. Passaram-se décadas até Elser ser reconhecido. Consta que …

Pela primeira vez, Brasil apoia embargo dos EUA a Cuba na ONU

Pelo 28º ano consecutivo, o embargo dos EUA imposto a Cuba há quase seis décadas foi condenado nesta quinta-feira (7) por uma esmagadora maioria na Assembleia Geral da ONU, onde a resolução cubana obteve 187 …

Inteligência artificial resolveria problema de Isaac Newton do século XVII

Um algoritmo astronômico descoberto por pesquisadores no Reino Unido resolveu um dos problemas que ninguém conseguiu solucionar desde Newton. A inteligência artificial (IA) poderia permitir que cientistas britânicos encontrassem uma solução em menos de um segundo …