“Decisão lamentável”: Pyongyang continua aberta ao diálogo com os EUA

A Coreia do Norte indicou que continua aberta ao diálogo com os EUA, depois de Donald Trump ter cancelado o encontro entre os líderes dos dois países, o que Pyongyang considera uma decisão “extremamente lamentável”.

“Reiteramos aos EUA a nossa determinação de nos sentarmos frente a frente, a qualquer momento e da maneira que for, para resolver esse problema”, declarou Kim Kye Gwan, primeiro vice-ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano, em comunicado divulgado pela agência de notícias oficial do país, a KCNA.

“O anúncio abrupto da anulação da reunião foi inesperado para nós e só podemos qualificá-lo de extremamente lamentável“, acrescentou.

No mesmo dia, a Coreia do Norte concluiu o desmantelamento da base de testes nucleares, no que considera ser a “aposta pacífica” do regime de Pyongyang em um “mundo livre de armas atômicas”, assinalou a KCNA.

Foram detonadas pelo menos três das quatro redes de galerias subterrâneas do centro nuclear de Punggye-ri, na província de Hamgyong do Norte, no noroeste do país, perante cerca de 20 jornalistas de cinco países: Coreia do Sul, China, EUA, Rússia e Reino Unido.

Trump cancelou, nesta quinta-feira (24), a reunião com Kim Jong-un, prevista para 12 de junho em Cingapura, invocando uma “raiva tremenda e hostilidade aberta” por parte da Coreia do Norte. Em causa estão, por exemplo, as declarações da vice-ministra dos Negócios Estrangeiros, Choe Son-hui, que chamou Mike Pence de “idiota”.

“Não posso esconder a minha surpresa perante as observações idiotas e estúpidas vindas da boca do vice-presidente norte-americano”, salientou a governante, referindo-se a uma entrevista de Pence na qual ele afirmou que o processo de desnuclearização podia seguir o modelo da Líbia, que terminou com a morte de Muammar Kadhafi, depois de ele ter renunciado ao projeto de construir a bomba atômica.

Trump ameaça (mas não descarta novo encontro)

Na Casa Branca, pouco depois de anunciar o cancelamento da reunião, o chefe de Estado advertiu que as Forças Armadas norte-americanas “são, de longe, as mais poderosas do mundo” e garantiu estar em contato com a Coreia do Sul e o Japão para a eventualidade de ser necessária uma atuação conjunta.

Trump assegurou que o Pentágono “está preparado” para o caso de ser necessário tomar medidas militares contra a Coreia do Norte, se o regime norte-coreano responder ao cancelamento da reunião bilateral com gestos “ingênuos ou imprudentes”.

No entanto, não deixou de lado a hipótese de o encontro vir a acontecer. “Podem acontecer muitas coisas, incluindo, quem sabe, a reunião poder ser realizada em data posterior. Ninguém deve estar ansioso, temos de fazer as coisas bem feitas“, afirmou.

“Se Kim Jong-un decidir se relacionar conosco com diálogo e medidas construtivas, estarei à espera”, assegurou. “Entretanto, nossas fortíssimas sanções, que são as mais fortes já impostas, e nossa campanha de pressão máxima continuarão, como até agora”.

Segundo o Público, o cancelamento da reunião foi recebido com desilusão por todo o mundo, começando pela vizinha Coreia do Sul, que afirmou “tentar entender qual é a intenção do presidente Trump e qual o seu real significado”.

O presidente russo, Vladimir Putin, também lamentou o desfecho, lembrando, em coletiva de imprensa conjunta com o presidente francês, Emmanuel Macron, que Pyongyang “cumpriu sua parte”, tendo iniciado o desmantelamento do seu local de testes nucleares.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Twitter vai ser mais rígido com conteúdo adulto na internet e preocupa criadores

Desde o ano passado tem sido mais difícil para os criadores de páginas com o perfil NSFW (Not Safe for Work ou não seguro para ver no trabalho — impróprio, em tradução livre) ter seus …

Otan tenta exibir união, enquanto líderes são flagrados falando de Trump

Chefes de Estado e de Governo de 29 países participaram nesta quarta-feira (4) do segundo dia da cúpula de aniversário de 70 anos da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), em Watford, nos arredores …

Radar aéreo descobre um navio viking em uma fazenda

Um estudo do Instituto Norueguês de Pesquisa do Patrimônio Cultural (NIKU) descobriu um navio viking em uma fazenda usando radar aéreo. O achado foi uma surpresa e um golpe de sorte, uma vez que este local …

Casamentos entre pessoas do mesmo sexo saltam 61,7% no Brasil

O número de casamentos realizados entre pessoas do mesmo sexo em 2018 aumentou 61,7% em relação ao ano anterior, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (04/12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com …

Uber do entulho te ajuda a descartar resíduos corretamente

O lixo é definitivamente um problema contemporâneo de dimensões globais – e não só a qualidade, o material ou o destino desse lixo, mas também a forma de descarta-lo. Dos 387 quilos de resíduos que o …

Asteroide passará perto da Terra a 27.000 km/h na sexta-feira, alerta NASA

Um grande corpo celeste está se movendo na direção da Terra e chegará ao ponto mais próximo do nosso planeta nesta sexta-feira (6). De acordo com as estimativas da NASA, o asteroide 2019 WR3 mede entre …

Mensagem misteriosa pintada em urso polar na Rússia alarma pesquisadores

Imagens compartilhadas por perfis russos nas redes sociais com um urso polar pintado em spray com o símbolo "T-34" ter alarmado especialistas. Eles advertem que a pintura — cujas circunstâncias ainda não foram identificadas — pode …

Experimento deve provar que microgravidade inibe crescimento de tumores

De onde estiver, Stephen Hawking segue presente na ciência, e seus últimos conselhos devem render uma descoberta para lá de impressionante (e revolucionária). Em conversa com um pesquisador da Austrália, o gênio da física falou sobre …

Justiça absolve Lula e Dilma no caso "quadrilhão do PT"

Juiz que analisou caso afirma que denúncia apresentada por Rodrigo Janot contra cúpula do PT em 2017 foi tentativa de "criminalizar a atividade política". Ministério Público pediu absolvição dos réus em outubro. A Justiça Federal do …

Chineses ativam o primeiro radiotelescópio posicionado no lado afastado da Lua

Um experimento que levou mais de um ano para ser concluído no lado afastado da Lua finalmente está em funcionamento. Não está ainda 100%, mas o Netherlands-China Low-Frequency Explorer (NCLE) já consegue captar sinais de …