Beber muito álcool pode afetar eficácia da vacina contra COVID-19

Agora que a vacinação está se tornando realidade, algumas dúvidas sobre o que pode prejudicar a eficácia vêm à tona.

Tanto é que fizemos uma matéria especial tirando todas as dúvidas a respeito da CoronaVac, um dos imunizantes que estão sendo aplicados no país. Na ocasião, o especialista esclareceu, por exemplo, que a vacina pode causar problemas para quem é alérgico, por isso a importância conferir os componentes antes. Mas, recentemente, aconteceu mais uma revelação sobre vacinas: o consumo excessivo de álcool pode prejudicar sua eficácia.

A informação vem de uma pesquisa do Departamento de Ciência e Tecnologia do Conselho Filipino para Pesquisa e Desenvolvimento em Saúde. “O consumo excessivo de álcool pode afetar a resposta do nosso corpo às vacinas”, aponta o estudo.

O diretor executivo do departamento, Dr. Jaime Montoya, alertou às pessoas que costumam beber com muita frequência que o hábito pode afetar diretamente a eficácia da vacina. “Se você é um bebedor assíduo ou alcoólatra, já tem algum efeito no seu sistema imunológico, precisamente porque você está imunologicamente comprometido, seu corpo pode não responder 100% às vacinas, então temos que monitorá-lo de perto”, declarou o especialista.

Na ocasião, o diretor do departamento também ressaltou a importância de manter um estilo de vida mais saudável para aumentar a imunidade e continuar tomando medicamentos para as doenças existentes, e indicou que talvez sejam necessárias doses de reforço, após o término das duas primeiras doses, dependendo de quanto tempo a proteção da vacina vai durar, algo que por enquanto ninguém sabe responder ao certo.

Álcool e vacina

Especialistas no Reino Unido alertaram recentemente que as pessoas devem evitar o consumo de álcool nos dias antes e depois de receber a vacina COVID-19. “Você precisa ter seu sistema imunológico funcionando perfeitamente para ter uma boa resposta à vacina, então se você beber na noite anterior ou logo depois, isso não vai ajudar”, anunciou Sheena Cruickshank, imunologista da Universidade de Manchester, ao Metro.

Seguindo essa linha, um oficial de saúde russo foi ainda mais longe no mês passado e aconselhou os cidadãos que estavam sendo vacinados com a vacina Sputnik V que deveriam se abster de álcool por dois meses. Porém, o próprio desenvolvedor da vacina, Alexander Gintsburg, comentou depois que esse conselho era muito extremo, e aconselhou a abstenção de álcool três dias após cada injeção, orientação que ele disse se aplicar a todas as vacinas.

Embora o consumo excessivo de álcool seja uma preocupação, os indivíduos não são solicitados a se abster de beber quantidades moderadas ou casuais de álcool antes de serem vacinados. Quem disse isso foi a Dra. Hana El Sahly, professora de virologia molecular e microbiologia e medicina do Baylor College of Medicine e uma das co-presidentes nacionais do ensaio da vacina da Moderna. “O consumo de álcool não foi avaliado como uma variável no grande ensaio clínico de Fase 3. Não esperamos que a ingestão ocasional ou moderada de álcool afete a resposta à vacina. E não estamos pedindo às pessoas que se abstenham de álcool na época da vacinação”, disse em entrevista ao veículo Healthline.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

União Europeia começa exame contínuo da vacina russa Sputnik V

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) deu início ao exame contínuo do dossiê de registo da vacina Sputnik V para verificar sua conformidade com as normas europeias de eficácia, segurança e …

Afrouxar uso de máscaras é "pensamento neandertal", diz Biden

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, criticou nesta quarta-feira (03/03) a decisão dos estados do Texas e do Mississippi de suspender a obrigatoriedade do uso máscaras para conter a propagação do coronavírus. O democrata …

Argentina só vai habilitar motoristas que fizerem curso sobre igualdade de gênero

A partir de março e 2021 quem quiser tirar carteira de habilitação na Argentina terá de estudar mais do que somente as leis de trânsito, o funcionamento do automóvel e a própria condução de um …

ONGs denunciam grupo Casino na Justiça francesa por desmatamento na Amazônia

Organizações de defesa do meio ambiente e dos povos indígenas denunciaram nessa quarta-feira (3) o grupo Casino na Justiça francesa. A empresa é acusada de responsabilidade no desmatamento da Amazônia através da venda de …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Um cientista criou um algoritmo de computador que pode levar a descobertas transformadoras em energia e cuja própria existência levanta a probabilidade de que nossa realidade possa realmente ser uma simulação. O algoritmo foi criado pelo …

The Crown "é baseada na verdade", diz Harry que dá ideia de convívio com família real

Principe Harry defendeu a série “The Crown” da Netflix, dizendo que – embora não fosse “estritamente preciso” – retratava as pressões da vida dentro da família real. Em uma entrevista com James Corden, do programa americano …

Microsoft acusa hackers chineses de ciberataques a entidades dos EUA com uso de falhas desconhecidas

A Microsoft relatou a detecção de exploits desconhecidos utilizados por hackers chineses "patrocinados pelo Estado" destinados a atacar versões locais da Microsoft Exchange Server a fim de receber informações de entidades dos EUA. Exploit é uma …

Compra de mansão lança novas suspeitas sobre Flávio Bolsonaro

Filho mais velho do presidente comprou imóvel de luxo de R$ 6 milhões. Valor está bem acima do patrimônio declarado pelo senador, e condições de empréstimo para quitar mais da metade do valor levantam questionamentos. O …

Condenado a três anos de prisão, ex-presidente francês Sarkozy enfrenta outros processos na Justiça

Ele se tornou o primeiro ex-chefe de Estado francês a receber em primeira instância uma pena de prisão em regime fechado. Nicolas Sarkozy foi julgado culpado na segunda-feira (1°) por corrupção e tráfico de …

Colômbia é o 1º país latino-americano a receber vacinas da iniciativa COVAX

Nesta segunda-feira (1º), um lote de 117 mil doses da vacina da Pfizer/BioNTech chegou à Colômbia por meio da iniciativa COVAX. O país é o primeiro na região a receber os imunizantes do consórcio da …