Neozelandeses não estão nada contentes com o “fake burger”

Impossible Foods / Facebook

O “Impossible Burger” que causou a ira dos neozelandeses

A Air New Zealand passou a oferecer a bordo um hambúrguer de carne sintética que tem provocado a ira nacional. Várias figuras da política neozelandesa consideram que o sanduíche é “uma ameaça aos produtores de carne” do país.

Segundo o The Guardian, um hambúrguer vegetariano, que “sangra” sangue falso, está sendo acusado de representar uma “ameaça” para a indústria da carne na Nova Zelândia, com uma grande discussão no país sobre o aparecimento da carne sintética.

O “Impossible Burger” (“hambúrguer impossível”, em tradução para português) está sendo servido na companhia aérea nacional Air New Zealand, e já provocou a ira do primeiro-ministro interino, que substitui a chefe do governo Jacinda Ardern, atualmente em licença maternidade.

Winston Peters afirma ser “totalmente contra a carne falsa” e considera que a companhia aérea deveria usar produtos animais verdadeiros. O “fake burger”, como já é chamado, foi criado por uma empresa norte-americana e é servido a passageiros da classe executiva em voos da transportadora entre Los Angeles e Auckland.

De acordo com o jornal, um representante do partido New Zealand First, Mark Patterson, alerta em comunicado que o hambúrguer pode representar “uma ameaça existencial ao segundo maior produto exportado na Nova Zelândia” e é como uma “bofetada” para o setor da carne vermelha.

“Ter a Air New Zealand a promover ativamente proteínas sintéticas, com uma componente de modificação genética, não é um bom exemplo da Nova Zelândia”, afirmou o porta-voz do partido nacionalista.

Por sua vez, Nathan Guy, porta-voz do Partido Nacional da Nova Zelândia, afirmou no Twitter que é “decepcionante” ver a companhia aérea optar por uma opção vegetariana, com as empresas não-carnívoras assumindo que o país precisa “acompanhar os tempos” modernos.

Em comunicado, a Air New Zealand afirma que gasta milhões de dólares, todos os anos, na compra de carne bovina e ovina da Nova Zelândia, considerando que o hambúrguer vegetariano não representa uma ameaça à indústria nacional de carne vermelha.

“Só no ano passado, servimos, com orgulho, cerca de 1,3 milhão de quilos de carne neozelandesa para clientes de todo o mundo”, refere a companhia. “A Air New Zealand não se desculpa por oferecer produtos inovadores aos clientes e continuará a fazer isso no futuro”, informou.

De acordo com o Expresso, essa não é a primeira vez que o hambúrguer – e a empresa que o criou – gera polêmica. A Impossible Foods foi fundada em 2011 pelo bioquímico Patrick O. Brown e captou investimentos na ordem dos 300 milhões de dólares. A meta: abolir a carne até 2035.

No caso do hambúrguer, os ingredientes de base são proteína texturizada de trigo, proteína de batata, óleo de coco e leg-hemoglobina, uma molécula que contém ferro e que existe naturalmente em todas as plantas e animais, escreve o periódico. Nos Estados Unidos, o “Impossible Burger” já está disponível em 2.500 restaurantes.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Conflito armado se acirra na fronteira entre Armênia e Azerbaijão

A Armênia e o Azerbaijão se acusaram mutuamente neste domingo (27/09) de iniciar confrontos mortais na região separatista de Nagorno-Karabakh, na fronteira entre os dois países, em meio a uma disputa territorial de décadas. Ao …

Grande depósito de ovos de dinossauro é descoberto na Espanha

O norte de Espanha foi palco de uma nova descoberta paleontológica. Foram encontrados ovos de 68 milhões de anos atrás, que podem conter embriões desses enormes répteis. José Manuel Gasca estava fazendo jogging um dia no …

Uma cidade brasileira pode ter atingido imunidade de grupo ao Covid-19 a um terrível custo

Um surto explosivo de COVID-19 em Manaus pode ter contaminado pessoas suficientes para que a imunidade coletiva tenha se manifestado, sugerem estudos iniciais. Exames de anticorpos mostram que até dois terços da população pode ter contraído …

O raro pedido de desculpas de Kim Jong-un pela morte de sul-coreano na Coreia do Norte

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, divulgou um raro pedido de desculpas pessoal pelo assassinato de um cidadão sul-coreano, segundo o governo da Coreia do Sul. Kim disse a seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, …

Esses são os preparativos finais para a NASA coletar amostras do asteroide Bennu

A NASA já iniciou a contagem regressiva para o grande momento da missão OSIRIS-REx: a coleta de amostras do asteroide Bennu, que acontecerá no dia 20 de outubro. Será uma manobra complicada para a sonda …

Trump volta a lançar dúvida sobre processo eleitoral nos EUA

Após recusar comprometimento com transição pacífica de poder, presidente americano diz não saber se é possível um pleito "honesto". Líder republicano no Senado diz que transferência de mandato presidencial será ordenada. O presidente dos EUA, Donald …

Criador do Novichok aponta falta de principais sintomas da substância em Navalny

Leonid Rink não considera convincente a evidência apresentada pela Alemanha sobre o alegado uso do Novichok contra o opositor russo, pois, se isso tivesse acontecido, os efeitos teriam sido diferentes. Podem ter sido encontrados vestígios de …

Este pode ser o 1º planeta descoberto em outra galáxia, a 23 milhões de anos-luz

Astrônomos encontraram um candidato a planeta localizado em outra galáxia, bem longe da Via Láctea, em uma região de intensa atividade caótica. Este mundo distante parece ser um pouco menor do que Saturno e orbita um …

EUA: Trump causa alvoroço ao recusar transição pacífica caso perca as eleições

Donald Trump tensionou a classe política nos Estados Unidos ao se recusar a garantir uma passagem pacífica do poder se perder a eleição presidencial dos Estados Unidos para Joe Biden, em 3 de novembro. Bastou uma …

Escolas de samba adiam desfile de Carnaval no Rio de Janeiro

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) decidiu adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro, devido à pandemia de covid-19. A decisão foi tomada, …